O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Diretrizes para Autores

NORMAS PARA COLABORAÇÕES


A AVALIAÇÃO aceita para publicação artigos inéditos de autores brasileiros e estrangeiros que tratem de educação, resultantes de trabalhos acadêmicos que são produzidos, sobretudo nos meios universitários e que contribuem para o desenvolvimento das teorias e práticas de avaliação e os debates gerais sobre educação superior no Brasil e nos demais países ibero-americanos. Os artigos são publicados na língua original dos seus respectivos autores, de preferência em português e espanhol e não devem ultrapassar 20 páginas.
A publicação de artigos está condicionada a pareceres de membros do Conselho Editorial ou de colaboradores ad hoc. A seleção de artigos para publicação toma como critérios básicos sua contribuição à educação e à linha editorial da Avaliação, a originalidade do tema ou do tratamento dado ao mesmo. Eventuais modificações de estrutura ou de conteúdo, sugeridas pelos pareceristas ou pela Comissão Editorial, só serão incorporadas mediante concordância dos autores. Os revisores dos originais poderão ajustá-los aos padrões da convenção escrita de modo a contribuir para a adequação do texto ao periódico.
Todos os artigos devem conter título, resumo e três palavras-chave (em português e inglês).
O autor deve também fornecer dados relativos a sua maior titulação, instituição e área em que atua, bem como indicar o endereço eletrônico e o endereço completo, para correspondência.
Os originais poderão ser encaminhados à AVALIAÇÃO por meio do sistema SciELO. Orientações quanto os procedimentos constam no site: <http://submission.scielo.br/index.php/aval/>. O envio de qualquer colaboração implica automaticamente a cessão integral dos direitos autorais para publicação e disponibilização on-line à AVALIAÇÃO: Revista da Avaliação da Educação Superior. O autor terá direito a dois exemplares do periódico no qual foi publicado seu artigo.  Dúvidas e sugestões
devem ser enviadas para  revistaavaliacao@uniso.br.


Orientações para formatação e normalização
O texto deve ser digitado em fonte Times New Roman, corpo 12, com 1,5. O uso do recurso itálico, no corpo do texto, deve ser utilizado somente para palavras estrangeiras. Para apresentação dos elementos que constituem o artigo utilizar as normas da ABNT em vigor. Sugerimos não acrescentar destaques, grifos e etc. em citações diretas, pois são informações ou detalhes que podem desaparecer após a normalização e/ou diagramação final.
Utilizar negrito e maiúsculas para o título principal, e negrito e maiúsculas e minúsculas nos subtítulos das seções.
As menções a autores, no correr do texto, devem subordinar-se à forma (AUTOR, data) ou (AUTOR, data, p.), como nos exemplos: (SILVA, 1989) ou (SILVA, 1989, p. 95). Diferentes títulos do mesmo autor, publicados no mesmo ano, deverão ser diferenciados adicionando-se uma letra depois da data, por exemplo: (GARCIA, 1995a), (GARCIA, 1995b) etc.


Notas de rodapé
Devem restringir-se a comentários e observações pessoais, destinando-se a prestar esclarecimento ou tecer considerações. Deverão ser numeradas e apresentadas ao pé da página, em corpo 10.


Citações
- Citação direta: transcrição textual de parte da obra do autor consultado.
As citações curtas (até 3 linhas) são inseridas no texto, entre aspas.
Citações longas (mais de 3 linhas) devem constituir parágrafo independente, digitados em espaço simples e recuados a 2,5 cm da margem esquerda, na mesma fonte, tamanho 10, sem aspas. Supressão de texto no interior das citações devem ser colocados entre colchetes [...]. A norma indica 4cm de recuo, porém optamos por usar 2,5cm em razão do tamanho da página do periódico. Toda citação direta deve estar seguida do sobrenome do autor em letras maiúsculas, ano de publicação, número de página, separados por vírgula, entre parênteses.


Ex.: de citação direta com até 3 linhas
Tanto a sociedade quanto a realidade são dinâmicas e concretamente definidas, assim, a história constitui-se num processo dinâmico e transformador na medida em que se torna “o eixo da explicação e compreensão científicas e tem na ação uma das principais categorias epistemológicas” (FAZENDA, 1997, p. 106).


- Citação indireta: texto baseado na obra do autor consultado.
Nas citações indiretas deve-se indicar sobrenome do autor e data de publicação. Ex.:


Como diz Basbaum (1978), a filosofia tem sentido [...]


Referências
Devem conter exclusivamente os autores e textos citados no trabalho e ser apresentadas ao final do texto, em ordem alfabética, títulos de livros e periódicos devem ser apresentados em negrito, são alinhadas somente à esquerda obedecendo às normas atualizadas da ABNT.
Observa-se que as bibliotecárias das Universidades estão aptas a oferecer orientações relativas ao uso correto das mesmas.


Exemplos: 
-Livro:
MEKSENAS, Paulo.  Aprendendo sociologia: a paixão de conhecer a vida. São Paulo: Loyola, 1991.


-Capítulo de livro:
DEMARTINI, Zeila de Brito; ANTUNES, Fátima Ferreira.  Magistério primário: profissão feminina, carreira masculina. In: CAMPOS, Maria Christina S. S.; SILVA, Vera Lúcia Gaspar da. (Orgs.). Feminilização do magistério: vestígios do passado que marcam o presente. Bragança Paulista: EDUSF, 2002. p. 69-94.


- Artigo de periódico:
DIAS SOBRINHO, José. Sobre reformas e transformações da educação superior. QUAESTIO: Revista de Estudos de Educação, Sorocaba, SP, v.7, n.1, p. 9-21, maio, 2005.


- Tese:
SILVA, Paulo Celso da.  Como anjos caídos... mensageiras em espaços de flexibilidade e redes:  uma experiência geográfica. 1999. 140 p. Tese (Doutorado) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.


- Documento digital (on-line):
HISSA, Hélio Barbosa. Distritos industriais (ou clusters) como estratégia de desenvolvimento econômico local para o Brasil. Economianet, 2003. Disponível em: <http://www.economiabr.net.br>. Acesso em: 1 jun. 2005.


Normas da ABNT


NBR 6022, 2003 - Informação e documentação. Artigo em publicação periódica científica impressa.  Apresentação;
NBR 6023, 2002 – Informação e documentação – Referências – Elaboração;
NBR 6024, 2003 – Informação e documentação – Numeração progressiva das seções de um documento escrito - Apresentação;
NBR 6028, 2003 – Informação e documentação – Resumos - Apresentação;
NBR 10520, 2002 – Informação e documentação – Citações em documentos – Apresentação;
IBGE. Normas de apresentação tabular. 3.ed. Rio de Janeiro, 1993.