ENFOQUES DA T EORIA INSTITUCIONAL NOS MODELOS DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL BRASILEIROS

Autores

  • Raphael Schlickmann Universidade Federal de Santa Catarina
  • Pedro Antônio de Melo Universidade Federal de Santa Catarina
  • Graziela Dias Alperstedt ESAG/UDESC

Resumo

Este artigo tem como objetivo identificar quais enfoques da perspectiva institucional foram predominantes nos modelos de avaliação institucional propostos pelos governos às universidades brasileiras. Quanto à abordagem, podemos caracterizar o estudo como qualitativo; a verificação dos enfoques foi realizada tomando-se por base a revisão teórica acerca dos diferentes nfoques da teoria institucional, do histórico da avaliação institucional no Brasil, bem como a caracterização de cada modelo avaliativo proposto pelos governos, a partir da década de 1970. O estudo evidenciou que os modelos de avaliação institucional ao longo dos governos apresentaram diferentes enfoques institucionais, sendo que houve uma predominância dos enfoques regulador e normativo, embora o cognitivo seja o que permeia o atual sistema de avaliação institucional brasileiro.

Publicado

2010-07-03

Como Citar

Schlickmann, R., de Melo, P. A., & Alperstedt, G. D. (2010). ENFOQUES DA T EORIA INSTITUCIONAL NOS MODELOS DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL BRASILEIROS. Avaliação: Revista Da Avaliação Da Educação Superior, 13(1). Recuperado de http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/257

Edição

Seção

Artigos