Autoavaliação institucional: um estudo sobre a análise de dados da autoavaliação em perspectiva diacrônica

Autores

  • Léo Zeno Konzen
  • Elias Adams

Resumo

A precocidade do SINAES como um sistema norteador se percebe pelas dificuldades relacionadas ao seu efetivo desenvolvimento. O presente artigo busca analisar uma proposta de interpretação dos dados da avaliação institucional da URI, Campus de Santo Ângelo, no período de 2008 a 2012, com foco nas disciplinas dos cursos de Graduação. Na análise, prioriza-se a perspectiva de análise diacrônica dos dados, apontando as oscilações dos percentuais dos conceitos “Plenamente Satisfatório” e “Satisfatório”. Os dados apresentados agrupam todas as disciplinas do Campus, organizados em gráficos para visualização da evolução da avaliação em cada item do questionário. Assim, a proposta vai ao encontro da cultura de autoavaliação, elencada como uma das maiores dificuldades do momento, na medida em que: se desenrola pelo processo evolutivo; tem como referência a instituição e o seu crescimento.

Publicado

2016-11-11

Como Citar

Konzen, L. Z., & Adams, E. (2016). Autoavaliação institucional: um estudo sobre a análise de dados da autoavaliação em perspectiva diacrônica. Avaliação: Revista Da Avaliação Da Educação Superior, 21(3). Recuperado de http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/2771

Edição

Seção

Artigos