Métodos avaliativos da aprendizagem no bacharelado na Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo

  • Daisy Rizatto Tronchin Escola de Enfermagem da USP
Palavras-chave: Avaliação educacional., Educação superior., Estudantes de enfermagem, Aprendizagem.

Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar os métodos de avaliação descritos nos programas de aprendizagem das disciplinas integrantes da matriz curricular do Projeto Político Pedagógico, implementado em 2010, na Escola de Enfermagem da USP (EEUSP). Pesquisa de abordagem quantitativa e documental, cujos dados foram coletados dos programas de aprendizagem empregando-se um formulário. A coleta de dados ocorreu no mês de agosto, dos anos de 2011, 1012 e 2013 e para análise empregou-se estatística descritiva e inferencial, a um nível de significância de 5%. Dentre os métodos de avaliação predominou na EEUSP a participação em sala de aula e trabalho escrito 60,4% e nas unidades parceiras a prova escrita 64,7% com diferença estatística significante. A maior parte das disciplinas ministradas no bacharelado em enfermagem empregou métodos participativos na avaliação, contudo a prova escrita prevaleceu nas unidades parceiras da EEUSP.

Publicado
2017-11-09
Como Citar
Tronchin, D. R. (2017). Métodos avaliativos da aprendizagem no bacharelado na Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo. Avaliação - Revista Da Avaliação Da Educação Superior, 22(3), 758-771. Recuperado de http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/3148
Seção
Artigos