A prática da pesquisa no ensino superior:

conhecimento pertencente na formação humana

Palavras-chave: Ensino superior, Iniciação científica, Aprendizagem significativa

Resumo

Com base em nossa pesquisa de natureza qualitativa e por meio do estudo de caso, evidenciamos a necessidade de compreender e analisar sobre as possibilidades didático pedagógicas da prática da pesquisa realizada nas atividades de Iniciação Científica, que em nossa experiência na universidade pesquisada tem se demonstrado, além de uma ponte de conexão entre os alunos da graduação com os projetos docentes da Pós-Graduação, uma perspectiva de uma formação profissional com qualidade. Para tanto, analisamos um universo amostral formado por professores, alunos e egressos de cursos de Pedagogia e Licenciaturas de uma universidade paulista. Utilizamos o procedimento técnico de questionário ao focalizar uma questão aberta, posto que objetivamos analisar o resultado pedagógico da prática da Iniciação Científica, com vistas a verificar até que ponto esta prática contribui para a aprendizagem significativa. Por aprendizagem significativa, entendemos a apropriação, pelo aprendiz, do próprio processo de construção do conhecimento e não somente de seus produtos, bem como a compreensão de sua inserção na produção da existência pessoal e social. Foram consultadas fontes bibliográficas que tratam do processo de construção de conhecimento em relação com o processo de ensino e aprendizagem no ensino superior, explicitando nossas categorias teóricas de análise.

Publicado
2019-01-08
Como Citar
Soares, M., & Severino, A. J. (2019). A prática da pesquisa no ensino superior:. Avaliação: Revista Da Avaliação Da Educação Superior, 23(2). Recuperado de http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/3480
Seção
Artigos