Universidade em tempos de precarização e incertezas

Palavras-chave: Esperança, Educação pública, Formação humana, Universidade, Ciência

Resumo

A esperança dá sentido à educação. A esperança significa crença e expectativas na potencialidade de transcendência da situação histórica de cada ser humano e do conjunto da humanidade. A educação é o processo de formação humana pelo qual o indivíduo se obriga a superar algumas de suas imperfeições existenciais e sociais e visa transformar-se em um cidadão mais consistentemente equipado para a vida na sociedade. A educação é essencial, portanto, insubstituível. É um bem público, então, deve ser de qualidade para todos. A vida social e econômica demanda uma ampla formação de cidadãos-profissionais técnica e intelectualmente competentes e éticos. A sociedade atual naturalizou a incerteza e perdeu os sentidos e as referências da vida. É necessário promover ao máximo a ciência que beneficia a vida dos seres humanos. A educação de todos os níveis, particularmente a universidade e o sistema de ciência-tecnologia-inovação precisam recuperar seu papel público de formação humana. Precisam promover o conhecimento, o debate público e a autonomia de pensar para seguir abrindo de modo mais sustentável e informado os caminhos de uma sociedade plural, dinâmica e digna. A transcendência humana requer uma ampliação da consciência do homem no mundo.

Publicado
2019-01-10
Como Citar
Dias Sobrinho, J. (2019). Universidade em tempos de precarização e incertezas. Avaliação: Revista Da Avaliação Da Educação Superior, 23(3). Recuperado de http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/3500
Seção
Artigos