A interação como indicador de qualidade na avaliação da educação a distância

um estudo de caso com docentes, tutores e discentes

Palavras-chave: Interação, Educação a distância, Formação de professores

Resumo

As tecnologias da informação e comunicação (TIC) adentraram no contexto educacional e estão demandando novas ações das instituições de ensino, especialmente no que se refere a modalidade de oferta de cursos na formação de professores. Valoriza-se cada vez mais a interação e a troca de informação entre professor e aluno com a mediação das TIC. Nesse contexto, a educação a distância (EaD) situa-se como uma importante modalidade. Esta pesquisa tem como objetivo avaliar como se configura a interação entre docentes, tutores e estudantes de um curso de licenciatura em EaD, conforme os indicadores de avaliação integrantes dos Referencias de Qualidade e do Instrumento de Avaliação de Cursos, do Ministério da Educação. A abordagem qualitativa foi adotada a partir de um estudo de caso com 107 participantes do 6º módulo do curso de Biologia EaD, sendo 11 docentes, 17 tutores e 79 estudantes, utilizando-se da análise documental. Constata-se que a interação repercute diretamente nas práticas do curso estudado como indicador de qualidade de avaliação apresentando características reativas. Por outro lado, o Instrumento de Avaliação não apresenta indicadores com critérios de análise que explicitem quando a interação promovida como garantia de padrão de qualidade na formação de professores atenda às propostas do curso.

Publicado
2019-01-10
Como Citar
Nunes, E. B. L. de L. P., Pereira, I. C. A., & Brasileiro, T. S. A. (2019). A interação como indicador de qualidade na avaliação da educação a distância. Avaliação - Revista Da Avaliação Da Educação Superior, 23(3). Recuperado de http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/3507
Seção
Artigos

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##