A organização de uma revisão de literatura por meio da Tree of Science (Árvore da Ciência)

um exemplo sobre a avaliação da pós-graduação

Palavras-chave: Revisão de literatura, Tree of Science, Avaliação da pós-graduação

Resumo

O advento da busca por artigos por meio da Web tornou a pesquisa bibliográfica mais rápida e econômica. Difícil, no entanto, é organizar a enorme quantidade de papers que retornam da pesquisa. Embora haja na literatura inúmeros artigos sobre os métodos e técnicas de pesquisa, poucos são os trabalhos que abordam as técnicas de revisão de literatura. Tendo em vista tal lacuna teórica e a dificuldade prática dos estudantes de mestrado e doutorado em organizar o referencial teórico de seus trabalhos acadêmicos, objetivamos com este artigo apresentar uma ferramenta que tem se mostrado útil para a organização da revisão de literatura de teses e dissertações: a Tree of Science (ToS), Árvore da Ciência. Com este recurso, os pesquisadores realizam buscas nas bases de dados da Web Of Science (WOS), criam um arquivo de texto com as referências selecionadas e o submete para a montagem de uma árvore, que classifica as referências encontradas em três níveis, utilizando conceitos da teoria dos grafos, por meio da análise das redes de citações: a raiz, que reúne os artigos seminais; o tronco, que agrega artigos estruturadores; e as folhas, que indica perspectivas de pesquisa, em geral artigos mais recentes. Como forma de trazer um exemplo do uso da ferramenta ToS, realizamos uma busca pelos termos “Avaliação” e “Pós-graduação”. Nossa revisão organizou quatro perspectivas: Avaliação da pós-graduação / Capes, Produtivismo, Avaliação educacional e Produção cientifica. Por meio desse exemplo, o artigo demonstra a utilidade da ToS para a organização da pesquisa bibliográfica.

Publicado
2019-05-08
Como Citar
Patrus, R., & Silva, V. T. O. e. (2019). A organização de uma revisão de literatura por meio da Tree of Science (Árvore da Ciência). Avaliação: Revista Da Avaliação Da Educação Superior, 24(1). https://doi.org/10.1590/s1414-40772019000100005
Seção
Artigos