Justificativa para um novo ensino técnico

Palavras-chave: Educação técnica, Politecnia, Escola do trabalho

Resumo

O artigo destaca a importância do ensino técnico e argumenta com as experiências realizadas historicamente em outros países e no Brasil. Procura dar ao Ensino Técnico autonomia e currículo próprio, independente do Ensino Médio, porém equivalente ao mesmo para fins de prosseguimento de estudos em nível superior.

Referências

ABE. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO. Ata da 1ª Sessão. Rio de Janeiro, 22 de outubro de 1924.
COMTE, Auguste. Cours de Philosophie Positive. Dublin: Schleicher Freres, 1908.
DEWEY, J. Democracia e Educação. São Paulo: Editora Nacional, 1978.
GRAMSCI, Antonio. Cadernos do Cárcere. Editora Civilização Brasileira, 1999.
KERSCHENSTEINER, Georg. Betrachtunger zur Theorie dês Lehrplans. Munich: C. Gerber, 1899.
KERSCHENSTEINER, Georg. Die schule der zukunft eine arbeitsshule. Berlin: Leipzig, 1912.

KERSCHENSTEINER, Georg. Essência e valor do Ensino Científico – Natural. Rio de Janeiro: Athena, 1928.

LÊNIN, V. I. Sobre educação. Lisboa: Seara Nova, 1977.

MACHADO, Lucília Regina de Souza. A politecnia nos debates pedagógicos soviéticos das décadas de 20 e 30. Teoria e Educação, Porto Alegre, n. 3, p. 151-174, 1991.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Crítica da educação e do ensino. Lisboa: Editora Moraes, 1978.
MARX, Karl. O Capital: crítica da economia política. 19. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002. Livro I, v. 1.
PESTALOZZI, J. H. Antologia de Pestalozzi. Buenos Aires: Losada S. A., 1946.
PISTRAK, E. Fundamentos da Escola do Trabalho. São Paulo: Brasiliense, 1981.
PISTRAK, E. Textos sobre educação e ensino. São Paulo: Moraes, 1992.
Publicado
2019-09-18
Como Citar
Boclin, R. (2019). Justificativa para um novo ensino técnico. Avaliação: Revista Da Avaliação Da Educação Superior, 24(02). Recuperado de http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/3718
Seção
Artigos