Diversificação, mercantilização e desempenho da educação superior brasileira

Autores

  • Rosangela Fritsch
  • Artur Eugênio Jacobus
  • Ricardo Ferreira Vitelli

Palavras-chave:

Educação superior, Graduação, Diversificação, Desempenho

Resumo

O presente artigo tem como objetivo analisar o desempenho da Educação Superior Brasileira considerando as especificidades das diferentes categorias administrativas e os fluxos de estudantes de cursos de graduação em um contexto de expansão, diversificação e mercantilização. Configura-se como pesquisa bibliográfica e estudo descritivo de coorte de ingressantes na educação superior em 2010, com dados produzidos pelo INEP. Os resultados apontam para a fragmentação, flexibilização e heterogeneidade do ensino superior brasileiro, bem como para a expansão das IESs e a ampliação das condições de acesso, porém com desempenho limitado, se considerados os indicadores de trajetória dos ingressantes. O sistema de ensino superior brasileiro está sendo configurado em grande parte como um mercado, cada vez mais em mãos de instituições privadas nacionais e internacionais com fins lucrativos, cujo objetivo, em grande parte, se limita a oferecer serviços educacionais que não necessariamente conduzem à conclusão dos estudos em nível de graduação.

Referências

AGUIAR, Vilma. Um balanço das políticas do governo Lula para a educação superior: continuidade e ruptura. Revista de Sociologia e Política, Curitiba, v. 24, n. 57, p. 113-126, mar. 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-44782016000100113 . Acesso em: 27 mar. 2018.

ALMEIDA DE CARVALHO, Cristina Helena. A mercantilização da educação superior brasileira e as estratégias de mercado das instituições lucrativas. Revista Brasileira de educação, Rio de Janeiro, v. 18, n. 54, p. 761-801, jul./set. 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-24782013000300013&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

ALMEIDA DE CARVALHO, Cristina Helena. A política pública de expansão para a educação superior entre 1995 e 2010 uma abordagem neoinstitucionalista histórica. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 20, n. 60, p. 51-76, jan./mar. 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v20n60/1413-2478-rbedu-20-60-0051.pdf. Acesso em: Acesso em: 27 mar. 2018.

ALONSO, Kátia Morosov. A expansão do ensino superior no Brasil e a EaD: dinâmicas e lugares. Educação & Sociedade, Campinas, v. 31, n. 113, p. 1319-1335, out./dez. 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-73302010000400014&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: Acesso em: 27 mar. 2018.

ALTBACH, Philip G.; KNIGHT, Jane. The internationalization of higher education: Motivations and realities. Journal of studies in international education, Thousand Oaks, v. 11, n. 3-4, p. 290-305, 2007. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/pdf/10.1177/1028315307303542. Acesso em: 27 mar. 2018.

AMARAL, Nelson Cardoso. A educação superior brasileira: dilemas, desafios e comparações com os países da OCDE e do BRICS. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 21, n. 66, p. 717-736, jul./dez. 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-24782016000300717&script=sci_abstract&tlng=es. Acesso em: 27 mar. 2018.

BERTOLIN, Júlio Cesar G. Os quase-mercados na educação superior: dos improváveis mercados perfeitamente competitivos à imprescindível regulação do Estado. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 37, n. 2, p. 237-248, maio/ago. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1517-97022011000200002&script=sci_arttext&tlng=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

BIANCHETTI, Lucídio; MAGALHÃES, António. Declaração de Bolonha e internacionalização da educação superior: protagonismo dos reitores e autonomia universitária em questão. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 20, n. 1, p. 225-249, mar. 2015. Disponível em: https://submission3.scielo.br/index.php/aval/article/view/123336 Acesso em: 27 mar. 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas em Educação – Anísio Teixeira. Sinopse Estatística da Educação Superior 2010. Brasília, DF. 2011. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/web/guest/sinopses-estatisticas-da-educacao-superior. Acesso em: 29 mar. 2018.

BRASIL. Conselho Administrativo de Defesa Econômica. Atos de Concentração no Mercado de Prestação de Serviços de Ensino Superior. Cadernos do CADE, Brasília, maio 2016. Disponível em: http://www.cade.gov.br/acesso-a-informacao/publicacoes-institucionais/dee-publicacoes-anexos/caderno-de-educacao-20-05-2016.pdf. Acesso em: 16 mar. 2018.

BRASIL. Ministério de Educação. Metodologia de cálculo dos indicadores de fluxo da educação superior. Brasília, 2017a. Disponível em:

file:///E:/dados%20inep/metodologia_indicadores_trajetoria_curso.pdf. Acesso em: 24 out. 2017.

BRASIL. Ministério de Educação. Indicadores de fluxo escolar. Brasília, 2017b. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/indicadores-educacionais. Acesso em: 24 out. 2017.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas em Educação – Anísio Teixeira. Sinopse Estatística da Educação Superior 2016. Brasília: Inep, 2017c. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/web/guest/sinopses-estatisticas-da-educacao-superior. Acesso em: 10 abr. 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas em Educação – Anísio Teixeira. Censos Escolares da Educação Superior 2000-2016. Brasília: Inep, 2017d. Disponíveis em: http://portal.inep.gov.br/censo-da-educacao-superior. Acesso em: 20 nov. 2017.

CORRÊA, Eneida Corrêa de Britto. Modelo regulatório híbrido da educação superior privada: possibilidades, limites e desafios. 2015. Dissertação (Mestrado) - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresa, Centro de Formação Acadêmica e Pesquisa, Rio de Janeiro, 2015.

CUNHA, Maria Isabel da. Qualidade da educação superior e a tensão entre democratização e internacionalização na universidade brasileira. Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, v. 22, n. 3, p. 817-832, nov. 2017. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1414-40772017000300817&lng=en&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

DIAS SOBRINHO, José. Educação superior: bem público, equidade e democratização. Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, v. 18, n. 1, p. 107-126, mar. 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-40772013000100007&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

DIAS SOBRINHO, José. Universidade e novos modos de produção, circulação e aplicação do conhecimento. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 19, n. 3, p. 643-662, nov. 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-40772014000300007&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

DIAS SOBRINHO, José. Universidade fraturada: reflexões sobre conhecimento e responsabilidade social. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 20, n. 3, p. 581-601, nov. 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/aval/v20n3/1414-4077-aval-20-03-00581.pdf. Acesso em: 27 ma. 2018.

DIAS SOBRINHO, José; BRITO, Márcia Regina F. de. La educación superior en Brasil: principales tendencias y desafíos. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 13, n. 2, p. 487-507, jul. 2008. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772008000200011. Acesso em: 27 mar. 2018.

DOUGLASS, John Aubrey. The Rise of the For‐Profit Sector in US Higher Education and the Brazilian Effect. European Journal of Education, Hanover, EUA, v. 47, n. 2, p. 242-259, jun. 2012. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1111/j.1465-3435.2012.01521.x. Acesso em: 16 mar. 2018.

FRITSCH, Rosangela; ROCHA, Cleonice Silveira; VITELLI, Ricardo Ferreira. A evasão nos cursos de graduação em uma instituição de ensino superior privada. Revista Educação em Questão, Natal, v. 52, n. 38, p. 81-108, maio/ago. 2015. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/educacaoemquestao/article/view/7963. Acesso em: 27 mar. 2018.

GOMES, Alfredo Macedo; MORAES, Karine Numes de. Educação superior no Brasil contemporâneo: transição para um sistema de massa. Educação & Sociedade, Campinas, v. 33, n. 118, p. 171-190, jan./mar. 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v33n118/v33n118a11.pdf. Acesso em: 27 mar. 2018.

GROPPO, Luís Antonio. Da universidade autônoma ao ensino superior operacional: considerações sobre a crise da universidade e a crise do Estado nacional. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 16, n. 1, p. 37-55, mar. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-40772011000100003&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 27 mar. De 2018.

KINSER, Kevin. A Global Perspective on For-Profit Higher Education. In: TIERNEY, William G, LECHUGA, Vicente M.; HENTSCHKE, Guilbert (eds.). Learning for Earning in a Globalized Society: for-profit colleges and universities as schools and businesses. Albany, NY: SUNY Press, 2010. p. 145-170.

LECHUGA, Vicente M. The Paradox of For-Profit Higher Education. In: KNAPP, John C.; SIEGER, D. J. (eds.). The Business of Higher Education: management and fiscal strategies. Santa Barbara: Praeger, p. 205-224, 2009.

LIMA, Kátia Regina de Souza. O Banco Mundial e a educação superior brasileira na primeira década do novo século. Revista Katálysis, Florianópolis, v. 14, n. 1, p. 86-94, jan./jun. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-49802011000100010&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

LIMA, Paulo Gomes. Políticas de educação superior no Brasil na primeira década do século XXI: alguns cenários e leituras. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 18, n. 1, p. 85-105, mar. 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-40772013000100006&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

LIMA, Licínio C.; AZEVEDO, Mário Luiz Neves de; CATANI, Afrânio Mendes. O processo de Bolonha, a avaliação da educação superior e algumas considerações sobre a Universidade Nova. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 13, p. 7-37, mar. 2008. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-40772008000100002&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

LIMA, Manolita Correia; MARANHÃO, Carolina Saraiva. O sistema de educação superior mundial: entre a internacionalização ativa e passiva. Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, v. 14, n. 3, p. 583-610, nov. 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-40772009000300004&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

MANCEBO, Deise; SILVA JÚNIOR, João dos Reis; SCHUGURENSKY, Daniel. A educação superior no Brasil diante da mundialização do capital. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 32, n. 4, p. 205-225, out./dez. 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-46982016000400205&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

MARGINSON, Simon; WENDE, Marijk Van Der. Globalisation and higher education. OECD. Education Working Papers, Paris, n. 8, 2007. Disponível em: https://www.oecd-ilibrary.org/education/globalisation-and-higher-education_173831738240. Acesso em: 16 mar. 2018.

MARQUES, Waldemar. Expansão e oligopolização da educação superior no Brasil. Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, v. 18, n. 1, p. 69-83, mar. 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772013000100005&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

MARTINS, André Luiz de Miranda A marcha do “capitalismo universitário” no Brasil nos anos 1990. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 13, n. 3, p. 733-743, nov. 2008. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772008000300006&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

MARTINS, Carlos Benedito. A reforma universitária de 1968 e a abertura para o ensino superior privado no Brasil. Educação & sociedade, Campinas, SP, v. 30, n. 106, p. 15-35, jan./abr. 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-73302009000100002&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

MINTO, Lalo Watanabe. Educação superior no PNE (2014-2024): apontamentos sobre as relações público-privadas. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 23, e.230011, p. 1-16, 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782018000100208&lang=pt. Acesso em: 16 jul. 2018.

MORAES, Reginaldo C. C. Expansão do ensino superior: o que isso nos ensina sobre o vínculo entre as relações sociais e as políticas de educação. Educação & Sociedade, Campinas, SP, v. 36, n. 130, p. 197-218, jan./mar. 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-73302015000100197&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

MORGADO, José Carlos. Processo de Bolonha e ensino superior num mundo globalizado. Educação & Sociedade, Campinas, SP, v. 30, n. 106, p. 37-62, jan./abr. 2009.

Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-73302009000100003&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

PEREIRA, Elisabete M. de Aguiar et al. A universidade da modernidade nos tempos atuais. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 14, n. 1, p. 29-52, mar. 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772009000100003&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

PIZZANI, Luciana; SILVA, Rosemary Cristina da; BELLO, Suzelei Faria.; HAYASHI, Maria Cristina P. I. A arte da pesquisa bibliográfica na busca do conhecimento. RDBCI, Campinas, SP, v. 10, n. 1, p. 53-66, jul./dez. 2012. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/1896. Acesso em: 27 mar. 2018.

QUEIROZ, Fernanda C. B. P. et al. Transformações no ensino superior brasileiro: análise das instituições privadas de ensino superior no compasso com as políticas de estado. Ensaio, Rio de Janeiro, v. 21, n. 79, p. 349-370, abr./jun. 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40362013000200009&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

RISTOFF, Dilvo. Os desafios da educação superior na Ibero-américa: inovação, inclusão e qualidade. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 18, n. 3, p. 519-545, nov. 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772013000300002&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

ROBERTSON, Susan L. O Processo de Bolonha da Europa torna-se global: modelo, mercado, mobilidade, força intelectual ou estratégia para construção do estado? Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 14, n. 42, p. 407-421, set./dez. 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782009000300002&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

SANTOS JÚNIOR, José da S.; REAL, Giselle C. M. A evasão na educação superior: o estado da arte das pesquisas no Brasil a partir de 1990. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 22, n. 2, p. 385-402, jul. 2017. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772017000200385&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

SCHMIDT, João Pedro. O comunitário em tempos de público não estatal. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 15, n. 1, p. 9-40, mar. 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772010000100002&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

SCHWARTZMAN, Simon. Demanda e políticas públicas para o ensino superior nos BRICS. Caderno CRH, Salvador, v. 28, n. 74, p. 267-289, maio/ago. 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-49792015000200267&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

SCHWARTZMAN, Simon; PILLAY, Pundy; PINHEIRO, Romulo (eds.). Higher education in the Brics countries: investigating the pact between higher education and society. Dordrecht: Springer, 2015. Disponível em: https://www.springer.com/gp/book/9789401795692. Acesso em: 27 mar. 2018.

SEGENREICH, Stella C. D.; CASTANHEIRA, Antonio M. Expansão, privatização e diferenciação da educação superior no Brasil pós-LDBEN/96: evidências e tendências. Ensaio, Rio de Janeiro, v. 17, n. 62, p. 55-86, jan./mar. 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40362009000100004&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

SEGRERA, Francisco López. Tendencias de la educación superior en el mundo y en América Latina y el Caribe. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 13, n. 2, p. 267-291, jul. 2008. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772008000200003&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

SEGRERA, Francisco López. Educación superior comparada: tendencias mundiales y de América Latina y Caribe. Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, v. 21, n. 1, p. 13-32, mar. 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772016000100013&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

SERAFIM, Milena Pavan. O processo de mercantilização das instituições de educação superior: um panorama do debate nos EUA, na Europa e na América Latina. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 16, n. 2, p. 241-265, jul. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772011000200002&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

SERAFIM Milena; DIAS, Rafael. Comentários sobre as transformações recentes na universidade pública brasileira. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 20, n. 2, p. 335-351, jul. 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772015000200335&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

SEVERINO, Antônio Joaquim. O ensino superior brasileiro: novas configurações e velhos desafios. Educar, Curitiba, n. 31, p. 73-89, 2008. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602008000100006&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Expansão do ensino superior: contextos, desafios, possibilidades. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 14, n. 2, p. 253-266, jul. 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772009000200002&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

SGUISSARDI, Valdemar. Educação superior no Brasil. Democratização ou massificação mercantil? Educação & Sociedade, Campinas, v. 36, n. 133, p. 867-889, out./dez. 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-73302015000400867&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

SOUSA, José Vieira. Qualidade na educação superior: lugar e sentido na relação público-privado. Cadernos Cedes, Campinas, v. 29, n. 78, p. 242-256, maio/ago. 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622009000200007&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

SPATTI, Ana Carolina; SERAFIM, Milena Pavan; DIAS, Rafael de Brito. Universidade e pertinência social: alguns apontamentos para reflexão. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 21, n. 2, p. 341-360, jul. 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772016000200341&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

STROMQUIST, Nelly P. Educação Latino-americana em tempos globalizados. Sociologias, Porto Alegre, v. 14, n. 29, p. 72-99, jan./abr. 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-45222012000100004&lang=pt. Acesso em: 27 mar. 2018.

TINTO, Vicent. Leaving College: rethinking the causes and cures of student attrition. 2. ed. Chicago, EUA: The University of Chicago Press, 1993.

UNITED STATES OF AMERICA. National Center for Education Statistics. The condition of education: undergraduate enrollment. Washington, 2017. Disponível em: https://nces.ed.gov/programs/coe/indicator_cha.asp. Acesso em: 18 mar. 2018.

WIELEWICKI, Hamilton de Godoy; OLIVEIRA, Marlize Rubin. Internacionalização da educação superior: Processo de Bolonha. Ensaio, Rio de Janeiro, v. 18, n. 67, p. 215-234, abr./jun. 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ensaio/v18n67/a03v1867.pdf. Acesso em: 27 mar. 2018.

Publicado

2020-06-19

Como Citar

Fritsch, R. ., Jacobus, A. E. ., & Vitelli, R. F. . (2020). Diversificação, mercantilização e desempenho da educação superior brasileira. Avaliação: Revista Da Avaliação Da Educação Superior, 25(1). Recuperado de http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/3919

Edição

Seção

Artigos

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##