Gestão da internacionalização das instituições de ensino superior

Autores

  • Sabrina Borges Ramos de Carvalho
  • Geraldino Carneiro de Araújo

Palavras-chave:

Cooperação internacional, Internacionalização, Políticas educacionais, Transnacionalização

Resumo

Este estudo tem como objetivo discutir o contexto da gestão da internacionalização no ensino superior brasileiro. A internacionalização da educação superior se justifica e revela seu significado e que visa contribuir para a gestão das instituições de ensino superior brasileiras. A internacionalização, como política pública para o ensino superior, se insere como uma estratégia importante para o avanço e compartilhamento da ciência no mundo globalizado. Ainda existem limitações significativas à efetiva implantação e gestão da internacionalização, porém o processo não é mais incipiente e o país tem avançado. A gestão da internacionalização tem muitos desafios, no entanto, se vê esforços para o alcance de melhores índices, de forma a fomentar a internacionalização promovendo oportunidades de progresso e desenvolvimento da cidadania.

Referências

ALTBACH, P. G. Globalization and the university: myths and realities in an unequal world. Tertiary Education and Management, Boston, EUA, v. 10, n. 1, p. 3-25, 2004.

AVEIRO, Thais Mere M. O papel da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) na Cooperação Brasileira para o Desenvolvimento Internacional (COBRADI). Conjuntura Austral, Porto Alegre, v. 6, n. 27-28, p. 76-92, 2015. Disponível em: http://www.seer.ufrgs.br/ConjunturaAustral/article/view/49938. Acesso em: 13 nov. 2017.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, 1988.

CABRAL NETO, Antônio; CASTRO, Alda Araújo. O ensino superior: a mobilidade estudantil como estratégia de internacionalização na América Latina. Revista Lusófona de Educação, Lisboa, n. 21, 2012.

CAPES. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. História e Missão. Brasília, DF, 2017a. Disponível em: http://www.capes.gov.br/historia-e-missao. Acesso em: 13 nov. 2017.

CAPES. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Programa disponibiliza R$ 300 milhões para apoio a projetos de internacionalização. Brasília, DF, 2017b. Disponível em: https://capes.gov.br/sala-de-imprensa/noticias/8630-programa-disponibiliza-r-300-milhoes-para-apoio-a-projetos-de-internacionalizacao. Acesso em: 19 nov. 2017.

CAPES. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Internacionalização do ensino superior precisa avançar sugere estudo da Capes. Brasília, DF, 2017c. Disponível em: https://www.capes.gov.br/sala-de-imprensa/noticias/8621-internacionalizacao-do-ensino-superior-precisa-avancar-sugere-estudo-da-capes. Acesso em: 21 nov. 2017.

CAPES. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Reunião aborda estratégias de excelência para universidades. Brasília, DF, 2017d. Disponível em:

http://www.capes.gov.br/sala-de-imprensa/noticias/8636-reuniao-aborda-estrategias-de-excelencia-para-universidades. Acesso em: 28 nov. 2017.

CAPES. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. A Internacionalização na Universidade Brasileira: resultados do questionário aplicado pela CAPES. Brasília, DF, 2017e. Disponível em: https://www.capes.gov.br/images/stories/download/diversos/A-internacionalizacao-nas-IES-brasileiras.pdf. Acesso em: 28 nov. 2017.

CENERINO, Alessandra; SILVA, Oswaldo Hidalgo da. A cooperação internacional e o processo de internacionalização das universidades estaduais do Paraná. In: ENANPAD - ENCONTRO DA ANPAD, 32., 2008, Rio de Janeiro. [Anais ...]. 2008. p. 154. 1 CD-Rom.

CHAUÍ, Marilena. A universidade pública sob nova perspectiva. Revista Brasileira de Educação, São Paulo, n. 24, p. 5-15, set./dez. 2003.

CNPQ. Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Institucional. Brasília, DF, 2017. Disponível em: http://cnpq.br/apresentacao_institucional. Acesso em: 24 nov. 2017.

DENHARDT, R. B.; DENHARDT, J. V. The new public service: serving rather steering. Public Administration Review, USA, v. 60, n. 6, p. 549-559, nov./dez. 2000.

DE WIT, Hans. Rationales for internationalization of higher education. Millenium [s.l.] [s. n.], 1998. Disponível em: http://repositorio.ipv.pt/bitstream/10400.19/805/1/Rationales%20for%20Internationalisation.pdf. Acesso em: 20 nov. 2017.

DUARTE, Roberto Gonzalez et al. O papel dos relacionamentos interpessoais na internacionalização de instituições de ensino superior. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 28, n. 1, p. 343-370, 2012.

FRANCO, Maria E. Dal Pai; MOROSINI, Marília Costa. Gestão democrática e autonomia universitária: educação superior no Brasil e o Mercosul. Série Documental - Textos para Discussão. Brasília: INEP, v. 20, p. 29-54, 2005.

HOCHGERNER, J. New combinations of social practices in the knowledge society. In: FRANZ, Hans-Werne; HOCHGERNER, J.; HOWALDT, J. (eds). Challenge social innovation - potentials for business, social entrepreneurship, welfare and civil society. Berlim: Springer, 2012.

KRAWCZYK, Nora Rut. As políticas de internacionalização das universidades no Brasil: o caso da regionalização no Mercosul. Jornal de Políticas Educacionais, Curitiba, v. 2, n. 4, 2008.

LASSWELL, Harold D.; LERNER, David (orgs.). The policy sciences: recent developments in scope and method. Standford, CA: Standford University Press, 1951.

LEAL, Fernanda Geremias; STALLIVIERI, Luciane; MORAES, Mário César Barreto. Indicadores de Internacionalização nos Rankings Universitários. In: EnANPAD 2017, 4., 2017, São Paulo. [Anais ...]. out. 2017. Diaponível em: https://www.academia.edu/34622722/EnANPAD_2017. Acesso em: 20 nov. 2017.

LIMA, Manolita C.; MARANHÃO, Carolina M. S. de A. O sistema de educação superior mundial: entre a internacionalização ativa e passiva. Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, v. 14, n. 3, p. 583-610, nov. 2009.

LUCE, Maria Beatriz; FAGUNDES, Caterine Vila; MEDIEL, Olga González. Internacionalização da educação superior: a dimensão intercultural e o suporte institucional na avaliação da mobilidade acadêmica. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior (Campinas), v. 21, n. 2, p. 317-340, 2016.

MIRANDA, José Alberto Antunes de; STALLIVIERI, Luciane. Para uma política pública de

internacionalização para o ensino superior no Brasil. Avaliação (Campinas), Sorocaba , v. 22, n. 3, p. 589-613, Dec. 2017 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-

&lng=en&nrm=iso>. access on 20 Mar. 2020.

http://dx.doi.org/10.1590/s1414-40772017000300002.

MIURA, Irene Kazumi. O processo de internacionalização da Universidade de São Paulo: um estudo de três áreas de conhecimento. 2006. 365 f. 2006. Tese (Livre Docência) -Faculdade de Administração, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006.

MOROSINI, Marília Costa. Internacionalização da produção de conhecimento em IES brasileiras: cooperação internacional tradicional e cooperação internacional horizontal. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 27, n. 1, 2011.

MOROSINI, Marília Costa. Estado do conhecimento sobre internacionalização da educação superior Conceitos e práticas. Educar em Revista, Curitiba, n. 28, p. 107-124, 2006.

PESSONI, Rosemeire A. B. Internacionalização do ensino superior. International Studies on Law and Education, São Paulo, n, 28, p. 93-110, 2017. Disponível em: http://www.hottopos.com/isle28/93-110Rose.pdf. Acesso em: 12 nov. 2017.

PUIATI, Lidiane. SANDRI, Vanessa. Políticas de formação de professores em periódicos acadêmico-científico área da educação. Edital CAPES/ INEP/ SECAD. Brasília, n. 001/2008.

RODRIGUES, Leonel C.; TONTINI, Gerson. A universidade empreendedora: geração e transferência de tecnologia como fator agregador. Revista de Negócios, Blumenau, v. 2, n. 4, 2007.

RODRIGUES, Marta M. Assumpção. Políticas públicas. São Paulo: Publifolha, 2010. Coleção “Folha Explica”.

SANTOS, Aurea R. do N. A internacionalização rompendo fronteiras no ensino superior. Revista SOMMA, Teresina, v. 2, n. 1, p. 22-32, 2016. Disponível em: http://ojs.ifpi.edu.br/revistas/index.php/somma/article/view/51. Acesso em: 19 nov. 2017.

SANTOS, Tania Steren dos. Do artesanato intelectual ao contexto virtual: ferramentas metodológicas para a pesquisa social. Sociologias, Porto Alegre, v. 11, n. 21, p. 120-156, jan./jul. 2009.

SGUISSARDI, Valdemar. Rumo à universidade mundial – será feita à sua imagem e semelhança. Textos para Discussão, Brasília, INEP, v. 10, n. 20, p. 7-28, 2005.

STALLIVIERI, Luciane. O processo de internacionalização nas instituições de ensino superior. Educação Brasileira, Brasília, v. 24, n. 48, p. 35-57, 2002.

STALLIVIERI, Luciane. Compreendendo a internacionalização da educação superior. Revista de Educação do Cogeime, Belo Horizonte, v. 26, n. 50, p. 15-36, 2017.

SUDGEN, Roger. A small firm approach to internationalization of universities: multinational perspective. Higher Education Quarterly, USA, v. 58, n. 2-3, p. 114-35, abr./jul. 2004.

Publicado

2020-06-19

Como Citar

Carvalho, S. B. R. de ., & Araújo, G. C. de . (2020). Gestão da internacionalização das instituições de ensino superior. Avaliação: Revista Da Avaliação Da Educação Superior, 25(1). Recuperado de http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/3920

Edição

Seção

Artigos

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##