Formação de mestres e doutores no Brasil

uma análise do currículo das pós-graduações em Ciências Biológicas

Autores

  • Larissa Campos Medeiros
  • Jacqueline Leta

Palavras-chave:

Pós-graduação., Formação de mestres e doutores., Currículo., Ciências Biológicas.

Resumo

O presente estudo aborda a questão da formação de mestres e doutores nas Pós-Graduações (PGs) brasileiras. Investiga-se o caso específico das PGs em Ciências Biológicas, apresentando informações sobre a oferta de disciplinas e sobre como se configuram os currículos destes programas. Trata-se de um estudo descritivo e exploratório com abordagem metodológica quali-quantitativa, com dados extraídos de duas fontes principais: a Plataforma de Dados Abertos da CAPES e a Plataforma Sucupira. Os resultados apontaram que as PGs analisadas oferecem disciplinas que direcionam para uma formação do tipo especialista, voltada principalmente para a pesquisa acadêmica e priorizando algum recorte do conhecimento dentro da Biologia, com pouca ou nenhuma oferta de disciplinas que apoiem uma formação mais abrangente.

Referências

ANDERSON, Trevor R.; ROGAN, John M. Bridging the educational research-teaching practice gap: Curriculum development, Part 1: Components of the curriculum and influences on the process of curriculum design. Biochemistry and Molecular Biology Education, Winnipeg, v. 39, n. 1, p. 68–76, 2011. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/21433259/ . Acesso em: 20 fev. 2020.

ARAÚJO, Christine Veloso Barbosa; SILVA, Viviane Nascimento; DURÃES, Sarah Jane. Processo de Bolonha e mudanças curriculares na educação superior: para que competências? Educacao e Pesquisa, São Paulo, v. 44, p. 1–18, 2018. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ep/v44/1517-9702-ep-44-e174148.pdf . Acesso em: 20 fev. 2020.

BALBACHEVSKY, Elizabeth; SCHWARTZMAN, Simon. The graduate foundations of research in Brazil. Higher Education Forum, Hiroshima, v. 7, n. 1, p. 85–100, 2010.

BALZAN, Newton Cesar. Teses e dissertações: a qualidade em questão. Desdobramentos. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 17, n. 3, p. 827–849, 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/aval/v17n3/a11v17n3.pdf . Acesso em: 20 fev. 2020.

BARATA, Rita Barradas. Mudanças necessárias na avaliação da pós-graduação brasileira. Interface: comunicação, saúde, educação, Botucatu, v. 23, p. 1–6, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-32832019000100101&script=sci_arttext . Acesso em: 20 fev. 2020.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2006.

BOSCH, Gundula. Train PhD students to be thinkers not just specialists. Nature, Berlim, v. 554, n. 7692, p. 277, 2018. Disponível em: https://www.nature.com/articles/d41586-018-01853-1 . Acesso em: 20 fev. 2020.

BOTOMÉ, Sílvio Paulo; KUBO, Olga Mitsue. Responsabilidade social dos programas de Pós-graduação e formação de novos cientistas e professores de nível superior. Interação em Psicologia, Curitiba, v. 6, n. 1, p. 1–29, 2002. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/psicologia/article/view/3196 . Acesso em: 20 fev. 2020.

BRYMAN, Alan. Social research methods. New York: Oxford University Press, 2016.

CAPES - COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR. Plano Nacional de Pós-Graduação ( PNPG ) 2011-2020: Documentos setoriais. Brasília, 2010. v. 2. Disponível em: https://www.capes.gov.br/images/stories/download/PNPG_Miolo_V2.pdf. Acesso em: 20 fev. 2020.

CASNER-LOTTO, Jill; BARRINGTON, Linda. Are they really ready to work? Employers’ perspectives on the basic knowledge and applied skills of new entrants to the 21st Century US workforce. New York: The Conference Board, 2006. Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fulltext/ED519465.pdf . Acesso em: 21 fev. 2020.

CERETTA, Carlos Alberto; ANJOS, Lucia Helena Cunha; SIQUEIRA, José Oswaldo. A pós-graduação em Ciência do Solo no Brasil: evolução e tendência. RBPG. Revista Brasileira de Pós-Graduação, Brasília, v. 5, n. 9, p. 7–35, 2008. Disponível em: http://ojs.rbpg.capes.gov.br/index.php/rbpg/article/view/140 . Acesso em: 20 fev. 2020.

CLARK, Tim. Developing policy-oriented curricula for conservation biology: Professional and leadership education in the public interest. Conservation Biology, New Jersey, v. 15, n. 1, p. 31–39, 2001. Disponível em: https://www.jstor.org/stable/2641643?seq=1 . Acesso em: 20 fev. 2020.

DE MEIS, Leopoldo et al. The growing competition in Brazilian science: rites of passage, stress and burnout. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, Ribeirão Preto, v. 36, n. 9, p. 1135–1141, 2003. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-879X2003000900001 . Acesso em: 20 fev. 2020.

GALDINO, Maria José Quina et al. Síndrome de Burnout entre mestrandos e doutorandos em enfermagem. Acta Paulista de Enfermagem, São Paulo, v. 29, n. 1, p. 100–106, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0103-21002016000100100&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt . Acesso em: 20 fev. 2020

GHENO, Ediane Maria et al. Sistema de avaliação da CAPES: indicadores e procedimentos de monitoramento e avaliação de desempenho. Em Questão, Porto Alegre, v. 25, n. 3, p. 184–213, 2019. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/EmQuestao/article/view/86490 . Acesso em: 20 fev. 2020.

HORTALE, Virginia Alonso et al. Professional paths of alumni from doctorate programs in health and biological sciences. Revista de Saude Publica, São Paulo, v. 48, n. 1, p. 1–9, 2014. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/24789631/ . Acesso em: 20 fev. 2020.

HOSTINS, Regina Célia Linhares. Formação de pesquisadores em programas de excelência de pós-graduação em educação. Revista Brasileira de Educacao, Rio de Janeiro, v. 18, n. 53, 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbedu/v18n53/10.pdf . Acesso em: 20 fev. 2020.

KISGEN, Stefanie. The future of business leadership education in tertiary education for graduates. Stuttgart: Steinbeins-Edition, 2017.

LOUZADA, Rita de Cássia Ramos; SILVA FILHO, João Ferreira da. Formação do pesquisador e sofrimento mental: um estudo de caso. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 10, n. 3, p. 451–461, 2005. Disponível em: scielo.br/pdf/pe/v10n3/v10n3a12.pdf . Acesso em: 20 fev. 2020.

MARIATT, Dostoiewski; CHAMPANGNATTE, De Oliveira. Currículo universitário: do México ao Brasil neoliberais. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 21, n. 1, p. 109–123, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/aval/v21n1/1414-4077-aval-21-01-00109.pdf . Acesso em: 20 fev. 2020.

MEADOWS, Arthur Jack. Communication in science. London: Butterworths, 1974.

MELLO, Alex Fiúza de; ALMEIDA FILHO, Naomar de; RIBEIRO, Renato Janine. Por uma universidade socialmente relevante. Atos de Pesquisa em Educação, Blumenal, v. 4, n. 3, p. 292–302, 2009. Disponível em: https://proxy.furb.br/ojs/index.php/atosdepesquisa/article/view/1718 . Acesso em: 20 fev. 2020.

MISNI, Farahana; NIK MAHMOOD, Nik Hasnaa; JAMIL, Rossilah. The effect of curriculum design on the employability competency of Malaysian graduates. Management Science Letters, Vancouver, v. 10, n. 4, p. 909–914, 2020. Disponível em: http://growingscience.com/beta/msl/3530-the-effect-of-curriculum-design-on-the-employability-competency-of-malaysian-graduates.html . Acesso em: 20 fev. 2020.

MOREIRA, Maria Lígia; VELHO, Lea. Pós-graduação no Brasil: da concepção “ofertista linear” para “novos modos de produção do conhecimento” implicações para avaliação. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 13, n. 3, p. 625–645, 2008. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/aval/v13n3/02.pdf . Acesso em: 20 fev. 2020.

MORRISON, Emory et al. What Matters for Excellence in PhD Programs? The Journal of Higher Education, Columbus, v. 82, n. 5, p. 535–563, 2011. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/00221546.2011.11777217?tab=permissions&scroll=top& . Acesso em: 20 fev. 2020.

NETTO, Carlos Alexandre. Princípios para um novo modelo de avaliação da pós-graduação. Ciência e Cultura, São Paulo, v. 70, n. 3, p. 47–51, 2018. Disponível em: http://cienciaecultura.bvs.br/pdf/cic/v70n3/v70n3a12.pdf . Acesso em: 20 fev. 2020.

NGANGA, Camilla Soueneta Nascimento et al. Mestres e Doutores em Contabilidade no Brasil: Uma Análise dos Componentes Pedagógicos de sua Formação Inicial. REICE. Revista Iberoamericana sobre Calidad, Eficacia y Cambio en Educación, Madrid, v. 14, n. 1, 2015. Disponível em: https://revistas.uam.es/index.php/reice/article/view/2709/2936 . Acesso em: 20 fev. 2020.

PATRUS, Roberto; LIMA, Correa Manolita. A formação de professores e de pesquisadores em Administração: contradições e alternativas. Revista de Economia e Gestão, Belo Horizonte, p. 4–29, 2014. Disponível em: http://periodicos.pucminas.br/index.php/economiaegestao/article/view/6982 . Acesso em: 20 fev. 2020.

PEREIRA, Elisabete M. A.; CARNEIRO, Ana Maria; GONÇALVES, Mirian Lúcia. Inovação e avaliação na cultura do ensino superior brasileiro: formação geral interdisciplinar. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 20, n. 3, p. 717–739, 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/aval/v20n3/1414-4077-aval-20-03-00717.pdf . Acesso em: 20 fev. 2020.

SILVA, Lidiane Cristina Da et al. Perfil dos programas de pós-graduação Stricto Sensu em Gestão do Conhecimento no Brasil e seu panorama da produção científica. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 24, n. 1, p. 328–351, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/aval/v24n1/1982-5765-aval-24-01-328.pdf . Acesso em: 20 fev. 2020.

SOUZA, Saulo Aparecido; REINERT, José Nilson. Participação discente nas publicações da Pós-Graduação: um estudo comparativo entre programas públicos e privados de Administração. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 17, n. 2, p. 481–502, 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/aval/v17n2/10.pdf . Acesso em: 20 fev. 2020.

SPATTI, Ana Carolina; SERAFIM, Milena Pavan; DIAS, Rafael de Brito. Universidade e pertinência social: alguns apontamentos para reflexão. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 21, n. 2, p. 341–360, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/aval/v21n2/1982-5765-aval-21-02-00341.pdf . Acesso em: 20 fev. 2020.

TAYLOR, Mark C. Reform the PhD system or close it down. Nature, Berlim, v. 472, n. 7343, p. 261, 2011. Disponível em: https://www.nature.com/articles/472261a . Acesso em: 20 fev. 2020.

Publicado

2020-09-08

Como Citar

Medeiros, L. C. ., & Leta , J. . (2020). Formação de mestres e doutores no Brasil: uma análise do currículo das pós-graduações em Ciências Biológicas . Avaliação: Revista Da Avaliação Da Educação Superior, 25(2). Recuperado de http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/4025

Edição

Seção

Artigos

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##