Gestão na educação superior e as avaliações de suas práticas

Autores

  • Maria Eliza Rosa Gama
  • João Timóteo de los Santos

Palavras-chave:

Gestão educacional., . Processo autoavaliativo., Avaliação participativa.

Resumo

Este artigo é fruto de uma pesquisa que teve como temática o estudo aprofundado com relação às práticas de avaliação das atividades de gestão na educação superior. Tendo como base de consulta a pesquisa bibliográfica, foram analisados estudos relacionados aos conceitos de gestão que se encaixam com as atividades educacionais do ensino superior no Brasil, bem como as diferentes possibilidades de avaliar essas atividades. O artigo expõe as características específicas de cada tipo de processo avaliativo que pode ser utilizado para avaliar a gestão educacional, com foco na avaliação participativa, que é a forma de avaliação interna apontada por autores como Denise Leite e Wagner Andriola como parte fundamental de um processo de gestão educacional participativa. O tema final abordado neste artigo faz referência aos obstáculos existentes nas instituições de ensino superior brasileiras que dificultam as práticas de autoavaliação, especificamente nos cursos de graduação.

Referências

ANDRIOLA, Wagner Bandeira. Desafios e necessidades que se apresentam às Comissões Próprias de Avaliação (CPAs) das Instituições de Educação Superior (IES), visando à Implementação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES). In: RISTOFF, Dilvo I. Avaliação participativa: perspectivas e desafios. Brasília: INEP, 2005.

BANCO MUNDIAL. La enseñanza superior: las lecciones derivadas de la experiencia (Primera Edición en español). Washington, D.C.: BIRF/BM, 1995.

BOTH, Ivo José. Avaliação: “voz da consciência” da aprendizagem. Curitiba: Ibpex, 2011.

BRASIL. Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 dez. 1996.

BRASIL. Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004. Institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 15 abr. 2004.

CASTRO, Marta Luz Sisson de; WERLE, Flávia Obino Corrêa. Administração comparada com área temática: periódicos brasileiros 1982 e 2000. Revista Educação, Porto Alegre, v. 27, n. 2, 2004.

DIAS SOBRINHO, José. Avaliação: políticas educacionais e reformas da educação superior. São Paulo: Cortez, 2003a.

DIAS SOBRINHO, José. Políticas de avaliação, reformas de Estado e da educação superior. In: ZAINKO, Maria Amélia Sabbag (org.). Políticas e gestão da educação superior. Curitiba: Champagnat; Florianópolis: Insular, 2003b. p. 61-90

FRANCO, Maria Estela Dal Pai. Gestão e modelos da educação superior. In: MOROSINI, Marilia Costa (org.). Enciclopédia de pedagogia universitária. Brasília-DF: Inep/MEC, 2006. v. 2.

INEP - Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Sistema Nacional da Avaliação da Educação Superior. Brasília: INEP/MEC, 2015. v. 5 Avaliação in loco: referenciais no âmbito do SINAES.

INEP - Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Instrumento de avaliação de cursos de graduação presencial e a distância: reconhecimento e renovação de reconhecimento, versão 2017. Brasília: Inep/MEC, 2017.

LEITE, Denise. Avaliação da educação superior. In: MOROSINI, Marilia Costa (org.). Enciclopédia de pedagogia universitária. Brasília-DF: Inep/MEC, 2006. v. 2.

LEITE, Denise; NUNES, Ana Karin. Avaliação participativa: constatações e aprendizagens. Revista Contexto e Educação, Ijuí, v. 24, n. 81, p. 147-169, jan./jun. 2009.

PIMENTA, Selma Garrido; ANASTASIOU, Léa das Graças Camargos. Docência no ensino superior. São Paulo: Cortez, 2002. v. 1.

PICCOLI, Humberto Camargo; SOUZA, Roni de Azevedo; DALBON, Antônio Carlos Sampaio. Autoavaliação institucional 2005/2006. Rio Grande: FURG, 2007.

SOUSA, Clarilza Prado de; MARCONDES, Anamérica Prado. Buscando possibilidades para a avaliação institucional da educação superior. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 10, n. 4, p. 23-38, dez. 2005. Disponível em: http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/1323/1313. Acesso em: 14 out. 2017.

TAVARES, Maria das Graças Medeiros et al. A relação expansão-avaliação da educação superior no período pós-LDB/ 1996. Revista Eletrônica de Educação, São Carlos, v. 8, n. 1, p. 92-105, 2014. Disponível em: http://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/1014. Acesso em: 14 out. 2017.

TUMOLO, Ligia Maria Soufen. O ENADE como processo de autoavaliação dos cursos de graduação e da Instituição. Cadernos Acadêmicos. Tubarão, SC, v. 2, n. 2, p. 1-14, 2010.

WITTMANN, Lauro Carlos; GRACINDO, Regina Vinhaes (coords.). O estado da arte em política e gestão da educação no Brasil, 1991 a 1997. Brasília: ANPAE; Campinas: Editores Associados, 2001.

ZAINKO, Maria Amélia Sabbag. Gestão da instituição de ensino e ação docente. Curitiba: Ibpex, 2008.

Publicado

2020-09-08

Como Citar

Gama, M. E. R. ., & Santos, J. T. de los . (2020). Gestão na educação superior e as avaliações de suas práticas. Avaliação: Revista Da Avaliação Da Educação Superior, 25(2). Recuperado de http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/4029

Edição

Seção

Artigos

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##