Práticas de gestão do conhecimento na avaliação de cursos de graduação do INEP/MEC

Autores

Palavras-chave:

Gestão do conhecimento, Ensino superior, Avaliação de cursos

Resumo

A avaliação de cursos de graduação busca identificar as reais condições de ensino oferecidas aos alunos e garantir a transparência dos dados sobre a qualidade da educação superior brasileira. Com vistas a aprimorar esse processo, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou novos instrumentos de avaliação externa. Nesse sentido, o objetivo deste artigo é identificar práticas de Gestão do Conhecimento para auxiliar as instituições de ensino superior (IES) a atenderem as exigências do novo instrumento de avaliação para reconhecimento e renovação de reconhecimento de cursos de graduação presencial e a distância do Inep, visando à obtenção do conceito máximo. Para tanto, foi realizada uma pesquisa documental, tendo como base esse novo instrumento de avaliação de cursos de graduação do Inep. Foram analisados 24 indicadores da Dimensão 1 do instrumento e para cada indicador foram identificadas práticas de Gestão do Conhecimento. Os resultados indicam nove práticas de Gestão do Conhecimento, sendo que cada prática indicada pode atender a vários indicadores e, se aplicadas apropriadamente, podem auxiliar as IES a alcançarem o conceito máximo nos processos avaliativos do MEC.

Referências

BASTOS, Isabela Deschamps; SILVA, Renata. Autoavaliação institucional como ferramenta de gestão estratégica universitária: estudo de uma instituição de ensino superior pública municipal do sul do Brasil. In: SIMPÓSIO AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR, 3., 2017, Florianópolis. Anais... Forianópolis: UFSC, 2017, p. 1-17.

BATISTA, Fábio Ferreira. Governo que aprende: Gestão do Conhecimento em Organizações do Executivo Federal. Texto para Discussão 1022. Brasília: IPEA, 2004.

BATISTA, Fábio Ferreira; QUANDT, Carlos Olavo. Gestão do conhecimento na administração pública: resultado da pesquisa IPEA 2014 – Práticas de gestão do conhecimento. Brasília: IPEA, 2015.

BRASIL. Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004. Institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES e dá outras providências. Brasília, 2004.

CEN. European Committee for Standardization. European guide to good practice in knowledge management. Brussels, 2003. Disponível em: http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/export/sites/default/bndes_pt/Galerias/Arquivos/

bf_bancos/e0002341.pdf. Acesso em: 2 mar. 2019.

DALKIR, Kimiz. Knowledge management theory and practice. Boston, MA: MIT Press, 2011.

DAVEL, Ronel; SNYMAN, Marita. Influence of corporate culture on the use of knowledge management techniques and technologies. South African Journal of Information Management, Cape Town, v.7, n. 2, jun. 2005.

DAVENPORT, Thomas Hayes; PRUSAK, Laurence. Conhecimento empresarial: como as organizações gerenciam seu capital intelectual. Rio de Janeiro: Campus, 1998.

DAVENPORT, Elisabeth; CRONIN, Blaise. Knowledge management: semantic drift or conceptual shift? Journal of Education for Library and Information Science, New York, v. 41, n.4, p.294-306, 2000.

DIAS SOBRINHO, José. Avaliação e transformações da educação superior brasileira (1995-2009): do provão ao SINAES. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 15, n. 1, p. 195-224, 2010. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-40772010000100011&script=sci_arttext&tlng=pt. Acesso em: 14 out. 2019.

DINIZ, Rosa Virgínia; GOERGEN, Pedro L. Educação Superior no Brasil: panorama da contemporaneidade. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 24, n. 3, p. 573-593, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772019000300573. Acesso em: 4 nov. 2019.

DOROW, Patrícia Fernanda; CALLE, Guillermo Antonio Dávila; RADOS, Gregório Jean Varvakis. Ciclo de conhecimento como gerador de valor: Uma proposta integradora. Espacios, Caracas, v. 36, n. 12, 2015. Disponível em: https://www.revistaespacios.com/a15v36n12/15361213.html. Acesso em 14 out. 2019.

ERPEN, Julio Graeff et al. Métodos e técnicas de gestão do conhecimento aplicadas para melhorar a gestão do capital intelectual em núcleos setoriais de uma associação empresarial. Navus, Florianópolis, v. 5, n. 1, p. 22-35, jan./mar. 2015. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/3504/350450615003.pdf. Acesso em 10 out. 2019.

FRAGA, Bruna Devens et al. Business Intelligence: métodos e técnicas de gestão do conhecimento e as tendências para avanços do capital intelectual. Navus, Florianópolis, v. 7, n. 1, p. 43-56, jan./mar. 2017. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/3504/350454065003.pdf. Acesso em: 21 set. 2019.

FUNGHETTO, Suzana Schwerz. Novas estratégias para avaliação in loco após a publicação dos novos instrumentos avaliativos do INEP. In: SEMINÁRIO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS MANTENEDORAS DAS FACULDADES (ABRAFI), 1., 2018. Anais... Brasília: Abrafi, 2018.

GHANI, Syed Raiyan. Knowledge management: tools and techniques. DESIDOC Journal of Library & Information Technology, Delhi, v. 29, n. 6, p. 33-38, 2009. Disponível em: https://www.proquest.com/openview/b74c654d85c82102ba048730cea3f31e/1?pq-origsite=gscholar&cbl=2028807. Acesso em: 30 out. 2019.

GNECCO JUNIOR, Lênio et al. Métodos e Técnicas de Gestão do Conhecimento: Comunidades de Prática. In: TOURISM AND MANAGEMENT STUDIES INTERNATIONAL CONFERENCE ALGARVE, 4., 2012, Faro. Proceedings […] Faro: ESGHT – University of the Algarve, Portugal, 2012.

INEP. INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA. Instrumento de avaliação de cursos de graduação presencial e a distância – reconhecimento e renovação de reconhecimento. Brasília: INEP, 2017.

LEASK, Marilyn et al. Knowledge management tools and techniques: improvement and development agency for local government. London: IDeA, 2008.

LENZI, Greicy Kelli Spanhol. Framework para o compartilhamento do conhecimento na gestão de tutoria de cursos de educação a distância. 2014. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2014.

MARCHELLI, Paulo Sérgio. O sistema de avaliação externa dos padrões de qualidade da educação superior no Brasil: considerações sobre os indicadores. Ensaio: aval. pol. públ. Educ., Rio de Janeiro, v. 15, n. 56, p. 351-372, jul./set. 2007.

NOVAES, Gláucia Torres Franco. Habilidades e competências do Exame Nacional dos cursos de Medicina. 2002. Tese (Doutorado) – Pontifícia Universidade Católica, São Paulo, 2002.

RAO, Madanmohan. Knowledge management tools and techniques: practitioners and experts evaluate KM Solutions. Oxford: Elsevier Butterworth–Heinemann, 2005.

REIS, Fábio José Garcia dos; COVAC, Fernando; COVAC, José Roberto. Novos instrumentos de avaliação favorecem inovação nas IES. São Paulo, 2018. Disponível em: https://www.semesp.org.br/wp-content/uploads/2018/01/Novos-instrumentos-de-avalia%C3%A7%C3%A3o-favorecem-inova%C3%A7%C3%A3o-nas-IES-1.pdf. Acesso em: 10 jan. 2018.

SEIFFERT, Otília Maria Lucia Barbosa. Avaliação da qualidade da educação superior: entrelaçando evidências. InterMeio: Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação-UFMS, Campo Grande, v. 24, n. 47, 2018. Disponível em: https://periodicos.ufms.br/index.php/intm/article/view/5906. Acesso em 11 nov. 2019.

SERVIN, Géraud. ABC of Knowledge Management. National Library for Health: Knowledge Management. England, 2005. Disponível em: http://dgroups.org/file2.axd/79969285-660d-4c8d-a902-894b1ef31cc8/ABC_of_KM.pdf. Acesso em: 7 jul. 2018.

SOUZA, Paulo André. Políticas de avaliação da qualidade do ensino superior brasileiro. 2016. Tese (Doutorado) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2016.

URIARTE, Filemon. Introduction to knowledge management. Indonesia: ASEAN Foundation, 2008.

VERHINE, Robert Evan; FREITAS, Antônio Alberto da Silva Monteiro de. A avaliação da educação superior: modalidades e tendências no cenário internacional. Revista Ensino Superior Unicamp, Campinas, v. 3, n.7, p.16-39, 2012.

WIIG, Karl. Knowledge management foundations: thinking about thinking. How people and organizations create, represent and use knowledge. Arlington, TX: Schema Press, 1993.

YOUNG, Ronald. Knowledge Management: Tools and Techniques Manual. Tokyo: Asian Productivity Organization, 2010. Disponível em: https://www.apo-tokyo.org/publications/ebooks/knowledge-management-tools-and-techniques-manual/. Acesso em: 5 nov. 2019.

Downloads

Publicado

2021-07-30

Como Citar

Bandeira, L. ., Sartori, R. ., & Menegassi, . C. H. M. . (2021). Práticas de gestão do conhecimento na avaliação de cursos de graduação do INEP/MEC. Avaliação: Revista Da Avaliação Da Educação Superior, 26(2). Recuperado de http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/4692

Edição

Seção

Artigos