Uma métrica para avaliação da ocupação docente em instituições de ensino superior

Autores

Palavras-chave:

Carga de trabalho, Ocupação docente, Processo analítico hierárquico

Resumo

A gestão da ocupação docente em instituições de ensino superior é um problema que afeta universidades públicas e, principalmente, as privadas. Uma distribuição justa de tarefas aos docentes repercute diretamente na qualidade do ensino, na produção de conhecimento, na sustentabilidade institucional e, principalmente, na saúde dos docentes. Neste trabalho é proposto um método para avaliação da composição da carga de trabalho com base em uma ferramenta chamada Processo Analítico Hierárquico, visando a equidade em termos de carga de trabalho (o que não significa o mesmo que equidade das cargas-horárias nas diferentes atividades docentes). Como principal contribuição, é proposta uma métrica, chamada Coeficiente de Carga de Trabalho, que pode ser facilmente adaptada a realidade de cada instituição. Apesar das bases matemáticas, quando implementada computacionalmente, a utilização dessa métrica passa a ser simples e acessível a gestores de qualquer formação.

Referências

BARRETT, Lucinda; BARRETT, Peter. Current practice in the allocation of academic workloads. Higher Education Quarterly, Oxford, v. 61, n. 4, p. 461-478, 2007.

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR. Manual de verificação in loco das condições institucionais: credenciamento de instituições não universitárias; autorização de cursos superiores (ensino presencial e a distância). Brasília, DF, Brasil. 2002. Disponível em http://portal.mec.gov.br/sesu/arquivos/pdf/Manual1.pdf. Acesso em: 10 jun. 2020.

BRUNELLI, Matteo. Introduction to the analytic hierarchy process. Cham: Springer, 2014.

BURGESS, Thomas F. Planning the academic’s workload: different approaches to allocating work to university academics. Higher education, Netherlands, v. 32, n. 1, p. 63-75, 1996.

INEP. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Sinopses Estatísticas da Educação Superior – Graduação. Brasília, DF, 2018. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/web/guest/sinopses-estatisticas-da-educacao-superior. Acesso em: 10 jun. 2020.

MU, Enrique; PEREYRA-ROJAS, Milagros. Understanding the analytic hierarchy process. In: MU, Enrique; PEREYRA-ROJAS, Milagros. Practical Decision Making, Cham, p. 7–22, 2017.

SAATY, Roseanna W. The analytic hierarchy process - what it is and how it is used. Mathematical modelling, Great Britain, v. 9, n. 3-5, p. 161–176, 1987.

SAATY, Thomas L. How to make a decision: the analytic hierarchy process. European journal of operational research, North-Holland, v. 48, n. 1, p. 9–26, 1990.

VIANA, Marcizo Veimar Cordeiro et al. O trabalho do professor na pós-graduação no Brasil após a lei no 9394/1996. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 24, n. 1, p. 127–147, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1414-40772019000100127&lng=en&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 12 jun. 2020.

Downloads

Publicado

2021-07-30

Como Citar

Minotto Neto, A. ., Corso, L. L. ., & Costa , G. H. . (2021). Uma métrica para avaliação da ocupação docente em instituições de ensino superior . Avaliação: Revista Da Avaliação Da Educação Superior, 26(2). Recuperado de http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/4693

Edição

Seção

Artigos