Formas de ingresso em perspectiva comparada: por que o SISU aumenta a evasão?

O caso da UNB

Autores

Palavras-chave:

Evasão, SISU, Forma de ingresso no ensino superior

Resumo

O objetivo deste estudo é analisar o impacto das diferentes formas de ingresso sobre a evasão ou desligamento de curso dos alunos da Universidade de Brasília (UnB), ou seja, uma comparação da evasão entre ingressantes pelo SISU, Programa de Avaliação Seriada (PAS) e Vestibular, entre 2014 e 2018. Como metodologia, utilizou-se a taxa de desistência anual e a taxa de desistência acumulada propostas pelo INEP (2017) e concluiu-se que o PAS e o Vestibular têm um padrão semelhante de evasão, com picos no segundo e terceiro ano de trajetória universitária, enquanto o SISU tem uma taxa de desistência consideravelmente superior, e que ocorre mais cedo, com picos nos primeiros anos de curso.

Referências

AMBIEL, R. Construção da escala de motivos para evasão do ensino superior. Avaliação Psicológica: Interamerican Journal of Psychological Assessment, Itatiba, v. 14, n. 1, p. 41-52, 2015. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/3350/335042985006.pdf. Acesso em: 10 maio 2020.

ARIOVALDO, T.; NOGUEIRA, C. Nova forma de acesso ao ensino superior público: um estado do conhecimento sobre o Sistema de Seleção Unificada–SISU. Revista Internacional de Educação Superior, Campinas, v. 4, n. 1, p. 152-174, jan./abr. 2018. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8650683. Acesso em: 10 maio 2020.

BARBOSA, J. et al. A adoção do SISU e a evasão na Universidade Federal de Uberlândia. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 12, n. 2, p. 708-721, 2017. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/8352. Acesso em: 10 maio 2020.

BRASIL. Ministério de Educação e Cultura. Secretaria de Ensino Superior. Comissão Especial de Estudos sobre a Evasão nas Universidades Públicas Brasileiras. Brasília: ANDIFES/ABRUEM/SESu/MEC, 1996.

CABELLO, A. et al. Evasão no ensino superior: qual metodologia adotar? Uma análise sobre o efeito de diferentes metodologias para a identificação de índices de evasão no ensino superior brasileira. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL DE GESTÃO UNIVERSITÁRIA, 18., 2018, Loja. COLÓQUIO INTERNACIONAL DE GESTÃO UNIVERSITÁRIA, 18., 2018, Loja. Anais [...]. Loja, Ecuador, 2018a. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/191468/101_00150.pdf?sequence=1. Acesso em: 10 maio 2020.

CABELLO, A. et al. A garantia da qualidade na gestão do ensino superior: desafios, desenvolvimentos e tendências. In: CONFERÊNCIA DA ASSOCIAÇÃO FORGES, 8., 2018, Lisboa, Portugal. Anais [...]. Lisboa, Portugal, 2018b.

CABELLO, A.; RODRIGUES, R. Universidade pública e desenvolvimento local: análise da dispersão geográfica dos ingressantes na UnB de 2002 a 2015. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL DE GESTÃO UNIVERSITÁRIA, 18., 2018, Loja. Anais [...]. Loja, Ecuador, 2018. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/190512/101_00145.pdf?sequence=1. Acesso em: 10 maio 2020.

COSTA, Anna Regina C. Impactos da adoção do SiSU como instrumento de acesso aos cursos de graduação: análise preliminar nos cursos de Engenharia do Cefet/RJ UnED NI. In: CONGRESSO NACIONAL DE MATEMÁTICA APLICADA E COMPUTACIONAL, 34., 2018, Águas de Lindoia. Anais [...]. Águas de Lindoia, SP, 2012. Disponível em: http://sbmac.locaweb.com.br/eventos/cnmac/xxxiv_cnmac/pdf/18.pdf. Acesso em: 10 maio 2020.

CUNHA, A.; TUNES, E.; SILVA, R. Evasão do curso de Química da Universidade de Brasília: a interpretação do aluno evadido. Química Nova, São Paulo, v. 24, n. 2, p. 262-280, mar./abr. 2001. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-40422001000200019&script=sci_arttext&tlng=pt. Acesso em: 10 maio 2020.

GAIOSO, N. O fenômeno da evasão escolar na educação superior no Brasil. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2006.

GILLIOLI, R. Evasão em instituições federais de ensino superior da rede, SISU e desafios. Brasília: Consultoria Legislativa Câmara dos Deputados, maio 2016. Estudo Técnico. Disponível em: https://nupe.blumenau.ufsc.br/files/2017/05/evasao_institui%C3%A7%C3%B5es.pdf. Acesso em: 10 maio 2020.

GÓMEZ, M. R. F.; TORRES, J. Discutindo o acesso e a permanência no ensino superior no contexto do SiSU (Sistema de Seleção Unificada). Org & Demo, Marília, SP, v. 16, n. 1, p. 69-88, jan./jul. 2015. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo/article/view/5162. Acesso em: 10 maio 2020.

INEP. Metodologia de cálculo dos indicadores de fluxo da educação superior. Brasília, 2017. Nota técnica. Disponível em: http://download.inep.gov.br/informacoes_estatisticas/indicadores_educacionais/2017/metodologia_indicadores_trajetoria_curso.pdf. Acesso em: 10 maio 2020.

LI, D. O novo ENEM e a plataforma SiSU: efeitos sobre a migração e a evasão estudantil. Tese (Doutorado em Economia) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12138/tde-23112016-094256/publico/CorrigidaDenise.pdf. Acesso em: 10 maio 2020.

MASSI, L.; VILLANI, A. Um caso de contratendência: baixa evasão na licenciatura em química explicada pelas disposições e integrações. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 41, n. 4, p. 975-992, dez. 2015. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/handle/11449/157783. Acesso em: 10 maio 2020.

NOGUEIRA, C. et al. Promessas e limites: o SISU e sua implantação na Universidade Federal de Minas Gerais. EDUR – Educação em Revista, Belo Horizonte, n. 33, 2017.

SANTOS JUNIOR, J.; REAL, G. A evasão na educação superior: o estado da arte das pesquisas no Brasil a partir de 1990. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 22, n. 2, p. 385-402, ago. 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-40772017000200385&script=sci_abstract&%20tlng=pt. Acesso em: 10 maio 2020.

SCHARGEL, F.; SMINK, J. Estratégias para auxiliar o problema de evasão escolar. Rio de Janeiro: Dunya, 2002. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-46982017000100116&script=sci_arttext. Acesso em: 10 maio 2020.

SILVA FILHO, Roberto Leal Lobo et al. A evasão no ensino superior brasileiro. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 37, n. 132, p.641-659, dez. 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-15742007000300007&script=sci_arttext&tlng=pt. Acesso em: 10 maio 2020.

SZERMAN, C. The effects of a centralized college admission mechanism on migration and college enrollment: evidence from Brazil. Dissertação (Mestrado em Economia) - Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 2015.

VELOSO, T. C. M. A.; ALMEIDA, E. P. de. Evasão nos cursos de graduação da Universidade Federal de Mato Grosso, campus universitário de Cuiabá: um processo de exclusão. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPEd, 24., 2001, Caxambu, MG. Anais [...]. Caxambu: ANPEd, 2001. Disponível em: https://www.serie-estudos.ucdb.br/serie-estudos/article/view/564. Acesso em: 10 maio 2020.

Downloads

Publicado

2021-07-30

Como Citar

Cabello, A. . ., Imbroisi , D. ., Alvarez , . G. ., Ferreira , G. V. ., Arruda , J. ., & Freitas, . S. de . (2021). Formas de ingresso em perspectiva comparada: por que o SISU aumenta a evasão? O caso da UNB . Avaliação: Revista Da Avaliação Da Educação Superior, 26(2). Recuperado de http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/4694

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)