A ECONOMIA NO FIM DA TRANSIÇÃO DEMOGRÁFICA

  • Alessandro Valério Dantas
  • Ricardo Lopes Fernandes

Resumo

O presente artigo apresenta um estudo do viés econômico da transição demográfica com foco nos países que se encontram em estágios mais avançados de transição. Faz-se uma análise dos dados de seis países representantes do último momento da transição em relação à demanda por bens e serviços, oferta de trabalho e geração e distribuição de riquezas. Conclui-se que estes países não são necessariamente ricos, observa-se que: a demanda em nível macroeconômico é pouco sensível à transição, a oferta de trabalho só não sofre grandes quedas devido ao aumento da mão de obra feminina e aos estoques de migração; observase também que estes países são mais vulneráveis a crises econômicas e suas economias são calcadas no setor de serviços e possuem elevados retornos do setor industrial e sobre investimentos em pesquisa e desenvolvimento.

Publicado
2017-02-07