Matemática como linguagem

  • Maria Ogécia Drigo

Resumo

Á luz da semiótica peirceana, a autora considera a matemática como uma linguagem constituída de ícones, índices e símbolos. Com o propósito de tornar clara esta idéia descreve e analisa momentos de atividades contextualizadas desenvolvidas em aulas do ensino fundamental, enfatizando que elas norteiam um novo caminhar para o ensino da matemática, pois o contexto propicia o aumento da potencialidade dos signos, o que permite que novos significados sejam incorporados à matemática, no transcorrer do processo ensino / aprendizagem.

Biografia do Autor

Maria Ogécia Drigo
Doutorando do Programa de Comunicação e Semiótica da PUC/SP. Professora da Universidade de Sorocaba.
Como Citar
DRIGO, M. Matemática como linguagem. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, v. 2, n. 2, p. p. 91-104, 11.
Seção
Estudos