Semiose na mente humana: um processo auto-organizativo

Autores

  • Maria Ogécia Drigo Universidade de Sorocaba

Resumo

Este artigo é o resumo dos resultados de uma pesquisa teórica realizada com o propósito de demonstrar que o movimento dos signos/interpretantes, na mente humana, se constitui como um processo auto-organizativo, ou seja, a autogeração dos signos na mente humana é um processo onde o caos, como reino de qualidades, é fonte de organização. Comprovamos isto na confluência das idéias que permeiam as tendências da ciência cognitiva, de estruturas dissipativas e de idéias de Charles Sanders Peirce, conforme o exibido no diagrama.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Ogécia Drigo, Universidade de Sorocaba

Doutora em Semiótica pela Puc-SP. Professora da Uniso.

Como Citar

DRIGO, M. O. Semiose na mente humana: um processo auto-organizativo. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, v. 5, n. 1, 11.

Edição

Seção

Estudos