CHAMADA ABERTA PARA PUBLICAÇÕES EM 2022

2022-01-06

Ludicidade, tal tema é pertinente, uma vez que sob a perspectiva da comunicação, a relação entre comunicação e ludicidade suscita ainda novas investigações. Importantes autores da área de comunicação, sob diferentes perspectivas, já se debruçaram sobre o tema: para Marshall McLuhan, os jogos jogados em determinado contexto geográfico e histórico são importantes diagnósticos dos valores ali celebrados; para Walter Benjamin, os brinquedos estão entre os principais meios de transmissão intergeracional de uma determinada cultura; para Gregory Bateson, é o jogo que inaugura a metacomunicação, ao fundir e transcender as linguagens conotativa e denotativa. A esses, somam-se Vilém Flusser, Iuri Lotman, Janet Murray, Henry Jenkins, Pierre Lévy e Guy Debord, para citar apenas alguns dos nomes que fazem desta uma interlocução fértil.

É nesse contexto que o presente dossiê convida à reflexão sobre tal relação, com foco em distintas interfaces entre a comunicação e game studies, tema emergente do conhecimento. Invita, além do olhar comunicacional aos jogos, tanto analógicos quanto digitais, a discussões sobre filmes interativos, game shows televisivos, coberturas midiáticas de eventos esportivos (assim como eSports), ficções hipertextuais, ludopolítica(s), literaturas ergódicas, entre outros. Também considera o uso de elementos de jogos para atividades que não são jogos, prática costumeiramente nomeada gamificação. Em suma, celebra a noção de que “a jogabilidade (gameplay) em si é uma forma de comunicação social”, tal como preconizam Katie Salen e Eric Zimmerman, assim como discussões acerca de fenômenos comunicacionais pautados pela imersão, pela interatividade, pela agência ou pela participação.

Em consonância com o foco e o escopo da REU, serão aceitos artigos de diversas áreas do conhecimento sobre o tema “ludicidade”, celebrando o olhar interdisciplinar que o próprio tema evoca, bem como artigos com temas livres. Artigos com resultados de pesquisas em desenvolvimento ou já concluídas, que envolvam o tema ludicidade, serão aceitos para compor o volume 48 (2022), com publicação em fluxo contínuo.