DIMORFISMOS SEXUAIS DE ORIGEM CARDÍACA NO CURRÍCULO DO FORRÓ ELETRÔNICO

Autores

  • Marlécio Maknamara
  • Marlucy Alves Paraíso

Resumo

O forró eletrônico é um currículo cultural que divulga imagens, saberes, verdades e significados sobre modos de ser e estar no mundo. Busca-se aqui problematizar a subjetividade forrozeira como uma construção indissociável das articulações entre corpo, gênero e sexualidade suscitadas pelo currículo do forró eletrônico. Considerando que nesse currículo o corpo é pensado por meio das partes que o constituem, elege-se o coração como foco de análise, uma vez que nas sociedades ocidentais tal órgão dá coerência à vida psíquica de qualquer indivíduo. Com base nos estudos do francês Michel Foucault, são analisados alguns fragmentos discursivos em torno do coração que concorrem para a produção da subjetividade forrozeira. Os fragmentos discursivos aqui analisados evidenciam que o “ser forrozeiro” também se funda sobre metáforas corporais e toda uma imagética organicista em torno de suas experiências, sobretudo aquelas que articulam corpo, gênero e sexualidade em torno do coração.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Como Citar

MAKNAMARA, M.; PARAÍSO, M. A. DIMORFISMOS SEXUAIS DE ORIGEM CARDÍACA NO CURRÍCULO DO FORRÓ ELETRÔNICO. Revista de Estudos Universitários - REU, v. 39, n. 1, 11.

Edição

Seção

Artigos