O imaginário da cibercultura como nova possibilidade de experiência do tempo e do consumo

  • Marcos Ramon Gomes Ferreira
  • Christina Maria Pedrazza Sêga
Palavras-chave: Cibercultura. Imaginário. Temporalidade.

Resumo

Este artigo pretende investigar a influência da cibercultura na forma como experienciamos o tempo e construímos novos discursos sobre a contemporaneidade. A proposta é compreender as novas formas de interação como elementos alteradores de nossa percepção da realidade. O tempo sempre foi uma medida para a realidade e um porto seguro para o ser humano. As relações de consumo criadas a partir da Revolução Industrial deslocaram a importância temporal para o nível prático, construindo um novo imaginário sobre a questão do tempo. Neste sentido, este artigo procura, a partir da análise de parte da bibliografia pertinente ao tema e da utilização da música como um exemplo sintomático, discutir os impactos que essas mudanças podem proporcionar em nossas vidas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
FERREIRA, M.; SÊGA, C. O imaginário da cibercultura como nova possibilidade de experiência do tempo e do consumo. REU - Revista de Estudos Universitários, v. 40, n. 1, p. p. 83-99, 11.