Alimentos transgênicos e meio ambiente: uma avaliação da relação risco/benefício

  • Yoko Hoshima-Franco
Palavras-chave: Organismos geneticamente modificados (OGMs). Biologia celular e molecular. Genética. Transgênicos.

Resumo

A população brasileira tem acompanhado as discussões sobre os alimentos transgênicos sem, contudo, compreender totalmente os riscos e benefícios que estão implicados nessa nova tecnologia de produção de alimentos. Trata-se de um tema bastante complexo pela falta de familiaridade com conceitos que envolvam a genética, a biologia celular moderna. Este artigo avaliou a relação risco/benefício sobre alimentos transgênicos e meio ambiente, a partir de dados disponíveis na literatura, com finalidade de informar e esclarecer a população. Conclui-se que, na visão dos especialistas, as vantagens da biotecnologia de alimentos são superiores às desvantagens (impacto sobre o ambiente e saúde humana), porém preceitos rigorosamente éticos devem ser postos em prática desde a produção até o consumo dos alimentos transgênicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-11-24
Como Citar
HOSHIMA-FRANCO, Y. Alimentos transgênicos e meio ambiente: uma avaliação da relação risco/benefício. REU - Revista de Estudos Universitários, v. 31, n. 2, p. p. 141-155, 24 nov. 2016.
Seção
Artigos