Las relaciones familia-escuela: dos contextos en torno a um mismo niño

  • Isabel López Verdugo
  • María Victoria Hidalgo García
  • José Sánchez Hidalgo
Palavras-chave: Psicologia. Educação. Educação Infantil. Psicologia evolutiva.

Resumo

A família e a escola são dois principais contextos de socialização, uma vez que nelas a maior parte das crianças crescem e se desenvolvem. Por isso, tais instâncias têm chamado a atenção de diferentes profissionais preocupados com a educação e o desenvolvimento psicológico da criança. Dada a importância do que ocorre nesses dois contextos, muitos estudos, com diferentes enfoques e abordagens teóricas diversas, têm tentado mostrar como a trama das relações sociais que ocorrem em tais cenários pode facilitar, em maior ou menor escala, os processos de aprendizagem e desenvolvimento durante a infância. Contudo, a maioria dos estudos aborda de modo separado ou independente as influências dos sistemas familiar e escolar sobre o desenvolvimento das crianças. Este artigo procura mostrar que esta análise não é adequada, havendo a necessidade do enfoque conjunto dos dois contextos, assinalando que os dois ambientes educativos distintos e, em alguns casos, distantes, ineratuam com o mesmo fim no projeto educativo.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-11-21
Como Citar
VERDUGO, I. L.; GARCÍA, M. V. H.; HIDALGO, J. S. Las relaciones familia-escuela: dos contextos en torno a um mismo niño. REU - Revista de Estudos Universitários, v. 30, n. 1, p. p. 23-38, 21 nov. 2016.
Seção
Artigos