A CONTRIBUIÇÃO DA TOXICOLOGIA ANALÍTICA NA APLICAÇÃO DA TOXICOLOGIA FORENSE: EXEMPLOS DA COCAÍNA E DO ÁLCOOL ETÍLICO

  • Karine Nogueira da Costa
  • Rafael Augusto Pansanato da Cruz
  • Yoko Oshima Franco
Palavras-chave: Álcool. Cocaína. Métodos analíticos.

Resumo

Em análises toxicológicas com finalidade forense, principalmente em análises realizadas em fluídos biológicos, é imprescindível que o laboratório tenha à disposição métodos analíticos simples e inequívocos, uma vez que os resultados obtidos contribuem para a confirmação da droga em pesquisa ou análise. Estudos recentes comprovam o progressivo uso da cocaína, que é uma das drogas de maior consumo no país depois do álcool. O objetivo deste trabalho foi fazer um levantamento dos métodos analíticos utilizados na área forense para a detecção da cocaína, álcool e seus metabólitos, em diferentes materiais biológicos. Artigos que contemplavam o objetivo do estudo, publicados na base de dados do PubMed, foram selecionados e incluídos no estudo. Vários métodos analíticos para álcool (13) e cocaína (21) foram encontrados utilizando-se diferentes amostras biológicas (3 e 9, respectivamente para álcool e cocaína). A cocaína foi também analisada em 4 amostras não biológicas. Diante dos resultados encontrados, conclui-se que a quantificação desses agentes dentro dos preceitos analíticos de qualidade de precisão, sensibilidade e especificidade é uma real preocupação da área forense visando à proteção do sujeito e da sociedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-12-15
Como Citar
COSTA, K.; CRUZ, R.; FRANCO, Y. A CONTRIBUIÇÃO DA TOXICOLOGIA ANALÍTICA NA APLICAÇÃO DA TOXICOLOGIA FORENSE: EXEMPLOS DA COCAÍNA E DO ÁLCOOL ETÍLICO. REU - Revista de Estudos Universitários, v. 36, n. 2, 15 dez. 2010.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##