[1]
Biondi, A. 2015. Breves relatos da dor comum: enunciação e visibilidade de vítimas em redes sociais. Tríade: Revista de Comunicação, Cultura e Mídia. 3, 6 (dez. 2015).