Notícias

AGUARDEM!!!

O PRÓXIMO NÚMERO SERÁ LANÇADO EM BREVE.

CHAMADA PARA PRÓXIMA EDIÇÃO

 

Tema: Alteridade

Nos dizeres de Todorov, “a descoberta do outro tem vários graus, desde o outro como objeto, confundindo com o mundo que o cerca, até o outro como sujeito, igual ao eu, mas diferente dele, com infinitas nuanças intermediárias”. A REU, para o v. 41, n. 2 (2014), apresenta-se como um espaço de reflexão sobre a alteridade, um tema relevante para diversas áreas do saber, da Psicanálise à Filosofia, passando pela História, Antropologia e Ciências da Comunicação.

A dificuldade de viver com o outro, do ponto de vista psicológico, segundo Kristeva, está implícita também na noção de estrangeiro, enquanto, do ponto de vista político, “assinala os limites dos Estados-nações e da consciência política nacional, ao ponto de considerar como normal que existam estrangeiros”, isto é, pessoas que não têm os mesmos direitos que os pertencentes à nação, o que sem dúvida gera conflitos, em escala planetária. Entre as “infinitas nuanças”, há as que podem ser colhidas neste contexto.

Bauman enfatiza que todas as sociedades produzem estranhos, “pessoas que não se encaixam no mapa cognitivo, moral ou estético do mundo”, que são “irritantes, enervantes, desconcertantes e, sob outros aspectos, ‘um problema’”. Que nuanças vêm com tal problema?

A mídia atual, que transborda a noção de veículo e se espraia pelo cotidiano, conforme Jenkis, Ford e Green, pode ser um caminho para o reconhecimento e manifestação dessas “infinitas nuanças”. Em que medida as narrativas midiáticas podem contribuir para a coexistência de diferentes ou apagar aspectos diferenciais e específicos do outro?

Portanto, as "infinitas nuanças" podem ser colhidas sob o olhar de diversas áreas do saber e por diferentes caminhos. O prazo para envio de artigos, resenhas, entrevistas e resumos de dissertações e teses, relativos ao tema, é 30 de agosto de 2014.

 


 
Publicado: 2014-03-31
 

COMUNICADO AOS AUTORES

 

Agradecemos a todos os autores pelo interesse em publicar na Revista de Estudos Universitários (REU).

Recebemos contribuições de estudantes e docentes de diversas universidades do Brasil, para o v. 40, n. 1 (2014), com o tema “Imagem, Imaginário, Imaginação”. A seleção dos trabalhos se fez a partir dos seguintes critérios: 1. Aderência ao tema; 2. Adequação ao foco e escopo da revista e 3. Parecer favorável de avaliadores ad hoc. Assim, um trabalho não aceito por não atender ao primeiro ou segundo critério não foi avaliado. Em breve, entraremos em contato quando da publicação deste número. O tema do próximo número da REU será “Alteridade”.

 
Publicado: 2014-03-31
 

Classificação B3 Interdisciplinar

 

É com grande satisfação que informamos a classificação B3 Interdisciplinar da Revista de Estudos Universitários no sistema Qualis, divulgado no mês de abril de 2013. O resultado desta avaliação é o reconhecimento do trabalho sério e comprometido realizado nos últimos anos, mantendo a sua periodicidade, além da excelente qualidade dos artigos em nossas publicações.

Aproveitamos a oportunidade para agradecer  aos comitês nacional e internacional, aos editores convidados, autores, leitores e equipe técnica pela colaboração de cada um em particular, pela credibilidade depositada, e por suas contribuições. Esperamos poder continuar com o apoio de todos para que a Revista de Estudos Universitários alcance seus objetivos.

 
Publicado: 2013-04-09
 
1 a 3 de 3 itens