Educação ambiental na UFMG - 1998-2011: pesquisas acadêmicas

Autores

  • Maclovia Corrêa da Silva
  • Silvania Sousa do Nascimento

Resumo

Neste artigo analisamos os trabalhos dissertativos de Educação Ambiental – EA defendidos entre 1998 e 2011 na Universidade Federal de Minas Gerais, sob a perspectiva das políticas educacionais e ambientais. O objetivo principal foi compreender as tendências, as implicações e os interesses de pesquisas que tratam do tema, considerando que eles foram desenvolvidos em diferentes áreas do conhecimento. São 17 textos que trouxeram no título o termo “Educação Ambiental”. Entendemos que a interdisciplinaridade perpassa os trabalhos transversalmente, e que os instrumentos legais ainda são argumentos pulsantes do conjunto de pesquisas que visam desenvolver novos valores e práticas educacionais. Os resultados apresentaram diferentes enfoques para a abordagem do tema – educativo, participativo, desenvolvimento pessoal, responsabilidade individual -, uma distribuição dos estudos restrita ao escopo de certas disciplinas, destacando-se a forte relação entre o curso de formação do autor e as escolhas teórico-metodológicas de análise.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-07-28

Como Citar

SILVA, M. C. da; NASCIMENTO, S. S. do. Educação ambiental na UFMG - 1998-2011: pesquisas acadêmicas. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, Campinas; Sorocaba, SP, v. 20, n. 2, 2015. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/avaliacao/article/view/2276. Acesso em: 5 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos