A educação superior na economia do conhecimento, a subalternização das ciências sociais e humanas e a formação de professores

Autores

  • Almerindo Janela Afonso

Resumo

Na primeira parte do artigo, faz-se uma breve reflexão sobre a universidade no contexto da economia do conhecimento. Numa segunda parte, tendo em conta essencialmente a realidade portuguesa, questiona-se a subalternização crescente das ciências sociais e humanas e, dentro delas, das ciências da educação. Por último, chama-se a atenção para o facto de os dilemas atuais na formação de professores poderem ser, pelo menos em parte, discutidos como consequência da discrepância entre a importância potencial do conhecimento das ciências da educação e a baixa atenção ou desvalorização que estas recebem da parte da sociedade, dos decisores políticos e, por vezes, da própria comunidade científica. Em qualquer dos casos, estas situações nunca são indiferentes às visões e orientações político-ideológicas dominantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-07-28

Como Citar

AFONSO, A. J. A educação superior na economia do conhecimento, a subalternização das ciências sociais e humanas e a formação de professores. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, Campinas; Sorocaba, SP, v. 20, n. 2, 2015. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/avaliacao/article/view/2271. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos