Análise epistemológica da avaliação institucional da educação superior brasileira: reflexões sobre a transposição de paradigmas

Autores

  • Thiago Henrique Almino Francisco
  • Marina Keiko Nakayama
  • Pedro Antônio de Melo
  • Márcio Alexandre Pitta
  • Fabiano Pires de Oliveira

Resumo

O artigo traz uma análise epistemológica da avaliação da educação superior no Brasil, promovendo uma reflexão que visa discutir o viés regulador, além de propor uma alteração no paradigma somativo para o emancipatório, atendendo os ensejos da comunidade acadêmica e do conglomerado institucional brasileiro. Sob a orientação da revisão sistemática, a investigação contou com uma análise dos diversos trabalhos publicados que discutiram a avaliação da educação superior em todos os modelos preconizados, confrontando-os com o pensamento predominante em sua estrutura e apresentando as principais características, diretrizes e consequências de cada modelo. Em seguida, há uma reflexão epistemológica-conceitual do modelo atual, apresentando o paradigma vigente da avaliação institucional, suas consequências, os impactos no processo de consolidação da epistemologia do campo científico da gestão da educação superior e as possibilidades que podem colaborar para a transposição de uma visão somativa para uma visão emancipatória do processo. Após as discussões das possibilidades apresentadas, as considerações finais sugerem um aprofundamento das questões que podem consolidar o pensamento dialético, emancipador e democrático no processo de avaliação institucional da educação superior no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

28-07-2015

Como Citar

FRANCISCO, Thiago Henrique Almino; NAKAYAMA, Marina Keiko; MELO, Pedro Antônio de; PITTA, Márcio Alexandre; OLIVEIRA, Fabiano Pires de. Análise epistemológica da avaliação institucional da educação superior brasileira: reflexões sobre a transposição de paradigmas. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, Campinas; Sorocaba, SP, v. 20, n. 2, 2015. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/avaliacao/article/view/2282. Acesso em: 14 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos