MARCOS INTERPRETATIVOS DA HISTÓRIA DA AVALIAÇÃO E SUA EXPRESSÃO NO SENAC-SÃO PAULO

Autores

  • Sonia Regina Giusti PUCCAMP
  • Jairo de Araújo Lopes PUCCAMP

Resumo

O presente trabalho relaciona os principais marcos da avaliação da aprendizagem propostos pela legislação brasileira de 1950 a 1996 e sua incorporação na educação profissional no âmbito do SENAC-São Paulo. Os resultados indicam avanços no sentido de uma concepção tecnicista de avaliação cuja investigação do aproveitamento do aluno está centrada no saber fazer e no final de uma etapa de estudos para uma concepção formativa, cuja investigação está centrada no saber ser, saber fazer, saber conviver e durante o processo de ensino aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-07-02

Como Citar

GIUSTI, S. R.; LOPES, J. de A. MARCOS INTERPRETATIVOS DA HISTÓRIA DA AVALIAÇÃO E SUA EXPRESSÃO NO SENAC-SÃO PAULO. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, Campinas; Sorocaba, SP, v. 12, n. 4, 2010. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/avaliacao/article/view/248. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)