O PROUNI na educação superior brasileira:

indicadores de acesso e permanência

Autores

  • Danielle Dias da Costa
  • Norma-Iracema de Barros Ferreira

Resumo

O estudo avalia em que medida o PROUNI expande o acesso à Educação Superior, identificando as condições de ingresso, matrícula, custo-aluno e permanência por meio do Índice de Conclusão de Curso, numa escala nacional. A abordagem foi quanti-qualitativa, com levantamento documental no Portal INEP, Sisprouni e dados da Receita Federal. Os resultados apontam que o PROUNI foi responsável por aumentar as matrículas no setor privado em uma média anual de 5,15%. O custo-aluno foi em média R$ 3.381,43/anual ou R$ 281,78/mês por bolsista. A ociosidade das bolsas foi em média de 30% e a evasão foi na ordem de 10,4%, provavelmente em função das restrições econômicas dos estudantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

12-04-2017

Como Citar

COSTA, Danielle Dias da; FERREIRA, Norma-Iracema de Barros. O PROUNI na educação superior brasileira:: indicadores de acesso e permanência. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, Campinas; Sorocaba, SP, v. 22, n. 1, 2017. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/avaliacao/article/view/2971. Acesso em: 18 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos