Formando médicos

a qualidade em questão

Authors

Abstract

Professores e estudantes fazem severas críticas aos cursos de Medicina. Elas envolvem de simples atividades laboratoriais aos cuidados dos pacientes. O trabalho tem como objetivo discutir a qualidade vigente na formação médica e apresentar alternativas metodológicas à educação na área correspondente. Tomou-se como referência rankings nacionais e internacionais, exames de avaliação de desempenho e de competências médicas estadual, nacional e internacional. Na análise dos dados estatísticos utilizou-se de informações consideradas como as mais relevantes da bibliografia disponível. A expansão dos cursos de Medicina, o consequente aumento da oferta de vagas, as interfaces de políticas públicas e as Instituições de Ensino Superior mereceram destaque, assim como a oferta de novas metodologias de ensino disponíveis, como o Problem Based Learning (PBL). A formação do futuro médico, vista no atual contexto sociocultural do país, aponta para necessidade de mudanças no processo da graduação em Medicina.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2019-12-09

How to Cite

Balzan, N. C., & Wandercil, M. (2019). Formando médicos: a qualidade em questão. Avaliação: Revista Da Avaliação Da Educação Superior, 24(3). Retrieved from https://periodicos.uniso.br/avaliacao/article/view/3799

Issue

Section

Artigos

Most read articles by the same author(s)