DINÂMICA DE DISTRIBUIÇÃO DE FONTES DE CAPITAIS CIENTÍFICOS ENTRE DOCENTES / PESQUISADORES DE UM PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO-SENSU DE UMA UNIVERSIDADE PÚBLICA

Autores

  • Juliana Cristina Teixeira
  • Pâmella Gabriela Oliveira
  • Nathália Vasconcelos Tavares
  • Alexandre de Pádua Carrieri
  • Mônica Carvalho Alves Cappelle

Resumo

Situando-se no contexto das universidades e, mais especificamente, da pós-graduação, o presente estudo visa analisar, de forma exploratória, a dinâmica de distribuição de capitais científicos entre docentes de um programa de pós-graduação Stricto Sensu de uma universidade pública. De forma específica, como os docentes distribuem suas atividades entre aquelas que lhes permitem acumular capital científico puro (como as publicações e contribuições acadêmicas para o campo do conhecimento) e capital científico institucional (como a ocupação de cargos que lhes conferem o poder de decisão dentro do campo da ciência). Foi considerada a abordagem de Bourdieu (2003; 2004a; 2004b) relativamente ao campo científico, por esta permitir a apreensão dessa dinâmica de distribuição de capitais, que são tipos específicos de poder. A abordagem foi quantitativa e qualitativa, utilizando pesquisa documental nos currículos Lattes de vinte e três docentes participantes do referido programa, que se situa em uma cidade de Minas Gerais (Brasil), sendo da área de Ciências Sociais Aplicadas. Como principais resultados, a dinâmica demonstra (1) que os docentes ocupam, em sua maioria, posições medianas dentro da distribuição de capitais; (2) há a dificuldade de acumulação expressiva de ambos os tipos de capitais por parte de um pesquisador; (3) não houve uma polarização entre os docentes baseada em forte acumulação de um dos capitais, e fraca acumulação de outro; e (4) há maior facilidade de conversão de capital institucional em capital científico puro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

TEIXEIRA, J. C.; OLIVEIRA, P. G.; TAVARES, N. V.; CARRIERI, A. de P.; CAPPELLE, M. C. A. DINÂMICA DE DISTRIBUIÇÃO DE FONTES DE CAPITAIS CIENTÍFICOS ENTRE DOCENTES / PESQUISADORES DE UM PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO-SENSU DE UMA UNIVERSIDADE PÚBLICA. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, Campinas; Sorocaba, SP, v. 17, n. 1, 2012. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/avaliacao/article/view/751. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)