META-AVALIAÇÃO DE UMA EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: ESTUDO DE CASO

Autores

  • Daniela Munerato Piccolo Arroyo
  • Maria Silvia Pinto De Moura Librandi Da Rocha

Resumo

A partir do interesse em compreender a formação do estudante universitário como futuro profissional que deve ser capaz de atuar de forma diferenciada nas diversas situações de sua trajetória profissional e pessoal e com elevado compromisso social, entendemos que os programas de extensão universitária podem cumprir importante papel neste sentido. Elegemos como campo da pesquisa, um programa de extensão de uma universidade católica, que trabalha pela inclusão social de pessoas com deficiência, numa perspectiva interdisciplinar, tendo em sua equipe professores e estudantes de diferentes áreas dos cursos de graduação. Consideramos a  implantação da extensão universitária nas instituições de ensino superior e  destacamos a importância dos processos de avaliação dos programas  extensionistas. Desenvolvemos um trabalho de meta-avaliação, com objetivo de refletir sobre quais aspectos desta avaliação podem contribuir para a formação dos estudantes que participam de tais programas. O principal procedimento metodológico adotado foi a análise documental (relatórios anuais do Centro, instrumentos de avaliação). Além desta, realizamos entrevista com a Coordenadora do programa a fim de complementar informações e obter esclarecimentos. Entendemos que colocar em funcionamento um processo de avaliação da extensão é um trabalho complexo e que lacunas e contradições precisam ser analisadas com cuidado, porque podem limitar as contribuições que as atividades extensionistas tem em potencial para a formação dos estudantes que delas participam.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

ARROYO, D. M. P.; ROCHA, M. S. P. D. M. L. D. META-AVALIAÇÃO DE UMA EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: ESTUDO DE CASO. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, Campinas; Sorocaba, SP, v. 15, n. 2, 2010. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/avaliacao/article/view/863. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos