VALIDADE E CONFIABILIDADE DE INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DA DOCÊNCIA SOB A ÓTICA DOS MODELOS DE EQUAÇÃO ESTRUTURAL

Autores

  • Amilton Barreto de Bem
  • Edgar Augusto Lanzer
  • Elmo Tambosi Filho
  • Otávio Próspero Sanchez
  • Plínio Bernardi Junior

Resumo

Este artigo relata um estudo sobre as propriedades de confiabilidade e validade de instrumento de avaliação da docência, utilizando técnicas de análise fatorial exploratória e confirmatória. A hipótese inicial é que o modelo de avaliação da docência da Universidade do Sul de Santa Catarina é formado por oito dimensões correlacionadas: exigência, avaliação, conteúdo, método, relacionamento professor aluno, produtividade, ética e relacionamento professor curso. Estudos confirmatórios revelaram, no entanto, que o modelo apresentava alguns indicadores estatísticos não adequados. Reavaliando a estrutura do instrumento por meio da técnica de análise fatorial exploratória, evidenciou-se uma estrutura com apenas quatro fatores correlacionados, quais se­jam: competência, relacionamento e ética, motivação e avaliação. Submetida a testes através de técnicas de análise confirmatória, essa estrutura revelou índices de ajuste global, incremental e de parcimônia adequados sob o ponto de vista estatístico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

BEM, Amilton Barreto de; LANZER, Edgar Augusto; TAMBOSI FILHO, Elmo; SANCHEZ, Otávio Próspero; BERNARDI JUNIOR, Plínio. VALIDADE E CONFIABILIDADE DE INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DA DOCÊNCIA SOB A ÓTICA DOS MODELOS DE EQUAÇÃO ESTRUTURAL. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, Campinas; Sorocaba, SP, v. 16, n. 2, 2011. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/avaliacao/article/view/897. Acesso em: 25 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos