Fenômenos das comunicações que pontuam a (con)formação dos espaços brasileiros urbanos

Autores

  • Sandra Yukari Shirata Lanças

Resumo

Este trabalho refere-se a algumas questões de comunicação que permeiam a conformação dos espaços urbanos brasileiros, desde sua descoberta  anunciada pela Carta de Pero Vaz de Caminha em 1500, passando pelas recomendações dos governantes portugueses até os nossos dias, permeada pelo anafalbetismo de grande parte da população brasileira e mudança do paradigma da moradia rural pela urbana, no início do século XXI, e o surgimento de favelas e ocupações de áreas de risco. A continuidade das invasões em grandes áreas urbanas desocupadas denota a necessidade de maior comunicação entre a população e as políticas públicas urbanas. Mesmo com oportunidades e meios tecnológicos de troca de informações, faz-se necessário o aprimoramento das comunicações e legislação urbanística, para melhor atender os interesses da sociedade mais carente de mudanças estruturais e suas implicações na (re) produção de formas de espacialidades advindas das práticas arcaicas no espaço urbano brasileiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sandra Yukari Shirata Lanças

Arquiteta e Urbanista Sandra Yukari Shirata Lanças, Mestre pela FAUUSP na área de Paisagem e Ambiente, docente universitária na graduação do curso de Arquitetura e Urbanismo (Universidade de Sorocaba) e pós-graduação (Centro Universitário SENAC campus Sorocaba, SP), Doutoranda na área de Planejamento Urbano e Regional da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo

Publicado

2014-06-05

Como Citar

Lanças, S. Y. S. (2014). Fenômenos das comunicações que pontuam a (con)formação dos espaços brasileiros urbanos. Tríade: Revista De Comunicação, Cultura E Mídia, 2(3). Recuperado de http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/triade/article/view/1905