A botinha branca e a echarpe verde

o sentido dos objetos no sistema de consumo

Autores

  • Olga Pontes Bon Velozo Puc Rio
  • Tatiana Siciliano

DOI:

https://doi.org/10.22484/2318-5694.2017v5n9p172-183

Resumo

O artigo se propõe a compreender o sentido dado à objetos dos mais diversos dentro de perspectivas e estudos que abarcam o fenômeno do consumo, ao entender que estes mesmos objetos passam a estetizar a vida cotidiana, a partir de sistemas classificatórios e simbologias sobrepostas em nossa sociedade contemporânea. Deste modo, nos encontramos, diariamente, atravessados pelo sistema de consumo e suas narrativas complexas, onde bens materiais são transformados em totens mágicos e poder simbólico. Neste contexto, o trabalho fará uso de autores como Jean Baudrillard para refletir sobre as relações construídas entre pessoas e objetos, a partir de um prosaico relato adolescente: a compra de uma bota branca; e de uma cena específica do filme Os delírios de consumo de Becky Bloom: a compra de uma echarpe verde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2017-06-20

Como Citar

Bon Velozo, O. P., & Siciliano, T. (2017). A botinha branca e a echarpe verde: o sentido dos objetos no sistema de consumo. Tríade: Comunicação, Cultura E Mídia, 5(9). https://doi.org/10.22484/2318-5694.2017v5n9p172-183