Empreendedorismo Social LGBT

como a formação de redes e iniciativas colaborativas pode atuar na resolução de dilemas sociais baseados em sexualidade e identidade de gênero

  • Felipe Petik Pasqualotto UFSV
  • Patrícia de Sá Freire UFSC
  • Marília Matos Gonçalves UFSC

Resumo

Se foi através do consumo que o público LGBT pode expressar suas identidades, ainda são escassos os trabalhos que exploram a convergência entre práticas de mercado e questões de sexualidade e identidade de gênero. Frente a persistente estigmatização social enfrentada por LGBTs cabe pensar de que forma o consumo pode auxiliar na resolução de seus dilemas sociais. É na associação do empreendedorismo com o público LGBT, que este trabalho objetiva: (1) definir a atuação do empreendedorismo social, para (2) compreender como iniciativas empreendedoras podem atuar em questões de sexualidade e identidade de gênero. Por meio de uma revisão bibliográfica, o trabalho busca fundamentar teoricamente o empreendedorismo de cunho social e identificar os dilemas sociais do público LGBT. No intuito de coordenar teoria e prática apresenta-se como estudo de caso o projeto “ABC do LGBT”. Do objeto de estudo analisa-se os pontos chave de sua estruturação - com uso da ferramenta CANVAS, em busca de possíveis conexões entre os temas teóricos apresentados. Foi identificada a necessidade de uma maior transversalidade das práticas mercadológicas de cunho social e os desafios metodológicos da aplicação de tais modelos em iniciativas voltadas para as questões de sexualidade e identidade de gênero. Entre as conclusões destaca-se a importância do estabelecimento de redes de parcerias e iniciativas colaborativas forte o suficiente para gerar engajamento tanto no grupo de trabalho em si - no estabelecimento do negócio, quanto da sociedade como um todo - na percepção do benefício gerado pela iniciativa e sua relevância.

Publicado
Dez 11, 2017
Como Citar
PASQUALOTTO, Felipe Petik; FREIRE, Patrícia de Sá; GONÇALVES, Marília Matos. Empreendedorismo Social LGBT. Tríade - Revista de Comunicação, Cultura e Mídia, [S.l.], v. 5, n. 10, p. p. 179 - p.193, dez. 2017. ISSN 2318-5694. Disponível em: <http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/triade/article/view/3024>. Acesso em: 23 jan. 2018. doi: http://dx.doi.org/10.22484/2318-5694.2017v5n10pp. 179 - p.193.