A Narrativa midiática

Mediações dos Acontecimentos

  • Marcelo Bolshaw Gomes Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Resumo

o presente texto argumenta que a narratividade é uma prática social, uma mediação entre os acontecimentos e o público. Ao contrário do estruturalismo que viu a narrativa como um gênero discursivo, defende-se aqui que a noção de ‘Narrativa’, entendida como uma forma de representação dos acontecimentos reais ou imaginários, é uma estrutura cultural mais abrangente, de origem psicológica e universal. Para tanto, revisa-se a seguir as principais contribuições teóricas para os Estudos Narrativos e se redefine narrativa como ‘a mediação dos acontecimentos’.

Publicado
Dez 11, 2017
Como Citar
GOMES, Marcelo Bolshaw. A Narrativa midiática. Tríade - Revista de Comunicação, Cultura e Mídia, [S.l.], v. 5, n. 10, p. p. 330 - p. 246, dez. 2017. ISSN 2318-5694. Disponível em: <http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/triade/article/view/3032>. Acesso em: 23 jan. 2018. doi: http://dx.doi.org/10.22484/2318-5694.2017v5n10pp. 330 - p. 246.
Seção
ARTIGOS - Outras Perspectivas