Telenovela como roteiro do real

uma análise da família homoafetiva em Amor à Vida e Em Família

Autores

  • Camilla Rodrigues Netto da Costa Rocha Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Consumo da Escola Superior de Propaganda e Marketing(PPGCOM/ESPM)
  • Maria Aparecida Baccega Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Consumo da Escola Superior de Propaganda e Marketing(PPGCOM/ESPM)

DOI:

https://doi.org/10.22484/2318-5694.2017v5n10p80-%2094

Resumo

O presente artigo tem por objetivo compreender as construções discursivas nas narrativas ficcionais televisivas em torno da homossexualidade, em especial, lançando luz ao debate legislativo contemporâneo em torno do conceito de família. Para tanto, selecionamos como corpus de análise duas telenovelas, Amor à Vida e Em Família, em que os personagens Félix e Clara, respectivamente, formam uma família homoafetiva. Assim, buscamos elucidar, por meio da Análise de Discurso de Linha Francesa (ADF), os sentidos articulados em torno das trajetórias desses personagens de modo que possamos compreender as articulações entre mídia e homossexualidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2017-12-08

Como Citar

da Costa Rocha, C. R. N., & Baccega, M. A. (2017). Telenovela como roteiro do real: uma análise da família homoafetiva em Amor à Vida e Em Família. Tríade: Comunicação, Cultura E Mídia, 5(10). https://doi.org/10.22484/2318-5694.2017v5n10p80- 94

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##