A evolução histórica da participação feminina nos Jogos Olímpicos da Era Moderna e a inclusão das mulheres no esporte de competição

Autores

  • Carolina Bortoleto Firmino Universidade Estadual Paulista (UNESP)
  • Mauro de Souza Ventura UNESP

DOI:

https://doi.org/10.22484/2318-5694.2017v5n10p247%20-%20260

Resumo

O campo esportivo é caracterizado como um ambiente predominantemente masculino e mesmo que a mulher esteja em constante avanço na busca por reconhecimento, os preconceitos que envolvem sua legitimação como atleta ainda é uma realidade. Neste artigo, buscamos traçar o histórico da participação feminina em Olimpíadas, desde as Revoluções Industrial e Francesa, marco de sua mudança de postura frente à sociedade, passando pelas tentativas de se consolidar nos Jogos Olímpicos durante os períodos que envolvem as 1ª e 2ª Guerras, até a consolidação do esporte moderno e o destaque para as políticas de inclusão e igualdade de gênero desenvolvidas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) a partir nos anos 80. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carolina Bortoleto Firmino, Universidade Estadual Paulista (UNESP)

Doutoranda em Comunicação pela Universidade Estadual Paulista – UNESP

Mauro de Souza Ventura, UNESP

Mestre em Jornalismo e Editoração pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo – USP. Doutor em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela FFLCH – USP e professor do programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade Estadual Paulista – UNESP

Publicado

2017-12-11

Como Citar

Firmino, C. B., & Ventura, M. de S. (2017). A evolução histórica da participação feminina nos Jogos Olímpicos da Era Moderna e a inclusão das mulheres no esporte de competição. Tríade: Comunicação, Cultura E Mídia, 5(10). https://doi.org/10.22484/2318-5694.2017v5n10p247 - 260

Edição

Seção

ARTIGOS - Outras Perspectivas