Jornalismo Gonzo Incubado no Brasil

Hunter S Thompson Experimentando o Estilo como Correspondente Internacional nos anos 1960

Autores

  • Eduardo Ritter Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), professor adjunto do campus de Frederico Westphalen

DOI:

https://doi.org/10.22484/2318-5694.2019v7n15p29-46

Resumo

Em junho de 1970, o jornalista norte-americano Hunter S Thompson publica uma reportagem nada convencional sobre um evento de turfe na cidade de Louisville que inauguriaria o estilo que ficou conhecido como Jornalismo Gonzo. Poucos anos depois, veio a consagração literária de Thompson e do estilo com a obra Medo e Delírio em Las Vegas. No entanto, antes de ser chamado de Gonzo, o jornalista já trabalhava o seu estilo pessoal atuando como correspondente internacional na América Latina pelo jornal National Observer. Assim, o artigo observa algumas das características dos textos publicados nesse periódico que antecederam o surgimento do jornalismo gonzo, com ênfase na passagem do então novato repórter pelo Brasil.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Ritter, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), professor adjunto do campus de Frederico Westphalen

Professor adjunto do Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), campus Frederico Westphalen. Doutor pela Pontifícia Universidade do Rio Grande do Sul (PUCRS) com estágio doutoral na New Yokr University (Estados Unidos) e mestre pela mesma instituição. Autor do livro "A tribo jornalística de Erico Verissimo", publicado pela editora Unijuí (2016).

Publicado

2019-08-10

Como Citar

Ritter, E. (2019). Jornalismo Gonzo Incubado no Brasil: Hunter S Thompson Experimentando o Estilo como Correspondente Internacional nos anos 1960. Tríade: Comunicação, Cultura E Mídia, 7(15). https://doi.org/10.22484/2318-5694.2019v7n15p29-46

Edição

Seção

ARTIGOS - Outras Perspectivas