Resistência ao discurso político e midiático hegemônico

"Casa do Povo, Si, Yo Puedo! e "Ponte Jornalismo"

Autores

  • Nivaldo Ferraz Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.22484/2318-5694.2020v8n18p75-97

Resumo

O artigo demonstra a necessidade de luta por coletivos para tornar cidadãos tanto os membros de populações vulneráveis em territórios sem apoio social do Estado, quanto os imigrantes de outros países em condição pior que o nosso. Nesse particular a compreensão do conceito de “culturas híbridas” é necessária. Essa busca por cidadania passa pela posse do território através da narrativa de sua condição e seus acontecimentos. Dessa forma, evidencia a constituição de uma mídia “contra-hegemônica” para combater o discurso oficial da mídia hegemônica, quando ela prioriza versões oficiais e não ouve as vítimas de abusos de autoridades contra pobres, pretos, párias sociais que vivem em locais de vulnerabilidade e com acesso precário a serviços sociais. O artigo demonstra os trabalhos de inclusão no conjunto da “Favela da Maré”, na “Casa do Povo”, do coletivo “Si, Yo Puedo!” e do portal de reportagens em defesa dos Direitos Humanos “Ponte Jornalismo”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARBON, J. Brasil vive retrocesso nos Direitos Humanos, diz OEA em visita ao país. Folha de S. Paulo, São Paulo, 12 nov. 2018. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/11/brasil-vive-retrocesso-nos-direitos-humanos-diz-oea-em-visita-ao-pais.shtml. Acesso em: 07 jul. 2020.

CASA DO POVO. Disponível em: https://casadopovo.org.br/. Acesso em: 06 jul. 2020.

CHAUÍ, M. Conceito de Hegemonia em Gramsci por Marilena Chauí. Universidade Federal de Minas Gerais, Palestra de abertura da Semana de Conhecimento, 13 fev. 2014. Disponível em: https://www.ufmg.br/proex/cpinfo/cidadania/?p=152. Acesso em: 06 jul. 2020.

CHOMSKY, N. Mídia: propaganda política e manipulação. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2013.

CRUZ, M. T. Entrevista concedida ao autor. São Paulo. 06 nov. 2018.

DAUDÉN, L. Bolsonaro, el presidente-capitán que quiere convertir las ciudades em campos de batalla. El País, São Paulo, 02 nov. 2018. Disponível em: https://elpais.com/elpais/2018/10/30/seres_urbanos/1540936219_578824.html.

Acesso em: 07 jul. 2020.

DEBORD, G. A sociedade do espetáculo. Rio de Janeiro: Contraponto, 2016.

FERRAZ, N. Reportagem no rádio: realidade brasileira, fundamentação, possibilidades sonoras e jornalísticas a partir da peça radiofônica reportagem. 2016. 396 f. Tese (Doutorado em Meios e Processos Audiovisuais) - Escola de Comunicação e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27161/tde-25072017-150144/pt-br.php.

Acesso em: 07 jul. 2020.

GRAMSCI, A. Cadernos do cárcere. Volume 5: Il Risorgimento – Notas sobre a história da Itália. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002.

HALL, S. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: Lamparina, 2014.

HALL, S. Da diáspora: identidades e mediações culturais. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2013.

IMIGRAÇÃO africana no Brasil aumenta 30 vezes entre 2000 e 2012. Terra, 10 mai. 2014. Disponível em: https://www.terra.com.br/noticias/brasil/imigracao-africana-no-brasil-aumenta-30-vezes-entre-2000-e-2012,bcdedc77d62e5410VgnCLD2000000dc6eb0aRCRD.html. Acesso em: 07 jul. 2020.

NOGUEIRA, M. A. Um estado para uma sociedade civil: temas éticos e políticos da gestão democrática. São Paulo: Cortez, 2004.

PONTE JORNALISMO. Disponível em: https://ponte.org/. Acesso em: 07 jul. 2020.

SANTOS, M. O espaço do cidadão. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2014.

SODRÉ, Muniz. O monopólio da fala: função e linguagem da televisão no Brasil. Petrópolis: Vozes, 1984.

Publicado

2020-09-18

Como Citar

Ferraz, N. (2020). Resistência ao discurso político e midiático hegemônico: "Casa do Povo, Si, Yo Puedo! e "Ponte Jornalismo". Tríade: Revista De Comunicação, Cultura E Mídia, 8(18), 75-97. https://doi.org/10.22484/2318-5694.2020v8n18p75-97