A narrativa irlandesa no Eurovision Song Contest 2018

nation branding e as dimensões contemporâneas da Irlanda

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22484/2318-5694.2019v7n16p194-218

Resumo

O Eurovision Song Contest é um concurso musical realizado desde 1956, quando teve o intuito de fortalecer os vínculos entre as nações europeias após a II Guerra Mundial. Atualmente, cerca de quarenta países enviam canções ao certame, que é realizado em três noites – duas semifinais e uma final. A Irlanda ainda guarda o recorde de sete vitórias, porém, nos últimos anos, os concorrentes irlandeses não conquistaram bons resultados. Em 2018, depois de quatro edições, o país retorna à final com Ryan O'Shaughnessy, que interpretou Together e explorou a temática LGBT em palco. Essa empreitada pode estar ligada a uma estratégia de nation branding, um processo que edita e exibe a identidade nacional em forma de mídia. O intuito é atrair turistas e apresenta o país como um parceiro econômico interessante. O objetivo do presente trabalho é investigar aspectos relacionados à participação da Irlanda no Eurovision 2018, através de uma análise de conteúdo, observando eventos que precederam e sucederam a apresentação no festival e os possíveis interesses no uso da temática LGBT.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sanio Santos da Silva, Universidade Federal da Bahia

Mestrando em Literatura e Cultura pela Universidade Federal da Bahia e graduado em Psicologia pela Universidade Salvador - UNIFACS. Atualmente é membro do grupo de pesquisa Cityscapes in Contemporary Irish Literatures and Films: Local Histories, Global Conflicts.

Monique Pfau, Universidade Federal da Bahia

Professora e pesquisadora do Instituto de Letras da Universidade Federal da Bahia, graduada em História e Letras Inglês pela Universidade Federal de Santa Catarina. Possui doutorado em Estudos da Tradução pela Universidade Federal de Santa Catarina e em Estudos da Linguagem em cotutela com a Vrije Universiteit Brussel.

Publicado

2019-12-20

Como Citar

Santos da Silva, S., & Pfau, M. (2019). A narrativa irlandesa no Eurovision Song Contest 2018: nation branding e as dimensões contemporâneas da Irlanda. Tríade: Revista De Comunicação, Cultura E Mídia, 7(16). https://doi.org/10.22484/2318-5694.2019v7n16p194-218

Edição

Seção

ARTIGOS - Outras Perspectivas