DIFERENÇAS ENTRE GÊNERO E PERFIL SÓCIO-ECONÔMICO NO EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DO ESTUDANTE

Autores

  • Marjorie Cristina Rocha da Silva
  • Claudettte Maria Medeiros Vendramini
  • Fernanda Luzia Lopes

Resumo

No contexto atual da educação, o estudo de variáveis relacionadas às diferenças de gênero em estudantes do ensino superior contribui para a compreensão de variáveis associadas ao desempenho acadêmico bem sucedido. Assim, esta pesquisa objetivou verificar em que medida o desempenho dos estudantes no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes – ENADE, do Brasil, variou segundo gênero, e variáveis socioeconômicas. Foram utilizados dados de 147.600 ingressantes e 129.876 concluintes de diversos cursos de graduação que fizeram o ENADE em 2005, selecionados por amostragem aleatória estratificada. Os estudantes responderam a 110 questões sobre o seu perfil socioeconômico e cultural. Os homens obtiveram desempenho médio significativamente maior que as mulheres, nos dois componentes, formação geral e conhecimentos específicos, nos cursos de Matemática, Letras, Biologia, História, Geografia e Filosofia. Observou-se certa ten­dência de modificação ou até inversão de papéis em áreas reconhecidas tradicionalmente como estereotipadas, o que pode estar refletindo no processo de ensino e relações sociais estabelecidas entre colegas e professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

SILVA, M. C. R. da; VENDRAMINI, C. M. M.; LOPES, F. L. DIFERENÇAS ENTRE GÊNERO E PERFIL SÓCIO-ECONÔMICO NO EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DO ESTUDANTE. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, Campinas; Sorocaba, SP, v. 15, n. 3, 2010. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/avaliacao/article/view/877. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)