O mundo de todos os mundos

um estudo sobre o encontro de mundos ficcionais na Comic Con Experience

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22484/2318-5694.2022v10id4896

Palavras-chave:

mundos possíveis, mundos ficcionais, cultura pop, comum, etnografia

Resumo

A Comic Con Experience, que se destaca por ser a maior comic con do mundo, em 2019 passa a se chamar “Comic Con Experience: o mundo de todos os mundos”. Através da etnografia pautada na perspectiva dialógica abordada por James Clifford, o artigo objetiva compreender como esta comic con é capaz de vincular diferentes mundos ficcionais em um só lugar e, assim, assumir esta denominação. O estudo conclui que estes mundos estão concatenados pela cultura pop que, mais do que conter referências a elementos de narrativas, gera afetos responsáveis por dar sentido e movimento ao evento. Ao demonstrar que este vínculo é promovido devido a um “comum” resultante do conhecimento prévio das narrativas da cultura pop, o artigo busca contribuir para a compreensão do conceito de Comunicação abordado pelo pesquisador Muniz Sodré em seu livro a “A ciência do comum: notas sobre o método comunicacional”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CAIAFA, J. Sobre a etnografia e sua relevância para o campo da comunicação. Questões Transversais: revista de Epistemologias da Comunicação, Rio Grande do Sul, v. 7, n. 14, 2019. Disponível em: file:///C:/Users/Leonardo/AppData/Local/Temp/19775-Texto%20do%20Artigo-60760954-1-10-20200204.pdf. Acesso em: 08 ago.2021.

CARVALHO, J. D. O maravilhoso como mundo (ficcional) possível. Princípios: revista de Filosofia, Natal, v. 20, n. 34, 2013.

CLIFFORD, J. A experiência etnográfica. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 2002.

COLERIDGE, S. T. Biographia Literaria. EBook #6081. Project Gutenberg. 2004. Disponível em http://www.gutenberg.org/ebooks/6081. Acesso em: 12 dez. 2020

CONTI, A.; FRAGOSO, S. D. Azeroth na intersecção entre Narratologia e Ludologia: uma análise do mundo de Warcraft orientada pela Teoria dos Mundos Ficcionais. In: SB GAMES, 17., 2018, Foz do Iguaçu. Anais Eletrônicos [...]. Disponível em: http://www.sbgames.org/sbgames2018/files/papers/CulturaFull/187642.pdf. Acesso em: 22 jul. 2020.

DA MATTA, R. O oficio de etnólogo, ou como ter anthropological blues. Boletim do Museu Nacional: Programa de Pós-graduação em Antropologia Social, Rio de Janeiro, 1978. Disponivel em: http://www.ppgasmnufrj.com/uploads/2/7/2/8/27281669/boletim_do_museu_nacional_27.pdf. Acesso em: 01 maio 2021.

DOLEŽEL, L. Heterocosmica: fiction and possible worlds. Londres: Johns Hopkins University Press, 1998.

ECO, U. The role of the reader: explorations in the smiotics of texts. Bloomington: Indiana University Press, 1984.

ECO, U. Lector in fabula. 2. ed. São Paulo: Perspectiva, 2002.

FERNANDES, C. S. TRAVANCAS, P. R. Cultura pop e performance: jogos identitários nos eventos de anime. Comunicação, mídia e consumo, São Paulo, v.15, n. 42, 2018. Disponível em: http://revistacmc.espm.br/index.php/revistacmc/article/view/1560/pdf. Acesso em: 15 jun. 2020. DOI: https://doi.org/10.18568/cmc.v15i42.1560

FORT, B. Are ficcional worlds really possible? A short contribution to their semantics. Style, v. 40, n. 3, p. 189-197, Fall 2006.

GEERTZ, C. Nova luz sobre a antropologia. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

GOLDMAN, M. “Os tambores dos mortos e os tambores dos vivos. Etnografia, antropologia e política e, Ilheús, Bahia”. Revista de Antropologia, São Paulo, v. 46, n. 2, 2003. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ra/a/ZbLf7Zpb9rXF7bqdnd56GPd/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 09 ago. 2021 DOI: https://doi.org/10.1590/S0034-77012003000200012

LAPLANTINE, F. Aprender antropologia. São Paulo: Brasiliense, 2000.

LEAL, B.; JACÓME, P. Mundos possíveis entre a ficção e a “não-ficção”: Aproximações à realidade televisiva 1. In: ENCONTRO ANUAL DA COMPÓS, 20., 2011, Porto Alegre. Anais eletrônicos [...]. Disponível em: http://www.compos.org.br/data/biblioteca_1686.pdf. Acesso em: 27 ago. 2020.

LEWIS, D. K. Counterpart theory and quantified modal logic. The Journal of Philosophy, Nova Iorque, 1968. DOI: https://doi.org/10.2307/2024555

LEWIS, D. K. Truth In fiction. American philosophical quarterly. Vol. 15, n. 1, Ilinois, 1978.

LEWIS, D. K. On the plurality plurality of worlds. Oxford: Blacwell, 1986.

MAGNANI, J.G.C. Festa no pedaço. São Paulo: Brasiliense, 2009.

NUNES, M. Cena Cosplay: breve narrativas de consumo e memória pelas capitais do sudeste brasileiro. In: NUNES, M. (org.). Cena cosplay: comunicação, consumo e memória nas culturas juvenis. Porto Alegre: Sulina, 2015, p. 23-77.

PAVEL, T. G. Fictional worlds. Harvard: Harvard University Press, 1986.

PEIRANO, M. Etnografia não é método. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre, v. 20, n. 42, p. 377-391, jul./dez. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ha/v20n42/15.pdf. Acesso em: 23 abr. 2021. DOI: https://doi.org/10.1590/s0104-71832014000200015

RYAN, M.L. Possible worlds and accessibility relations: a semantic typology of fiction. Poetics today, Carolina do Norte, v. 12, n. 3, 1991. DOI: https://doi.org/10.2307/1772651

RYAN, M. L. Possible worlds in recent literary theory. Penn State University Press, Pensilvânia, v. 26, n. 4, p. 528-553, 1992.

SOARES, T. Cultura pop: interfaces teóricas, abordagens possíveis. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO – INTERCOM, 36., 2013, Amazonas. Anais Eletrônicos [...]. São Paulo: INTERCOM, 2013. Disponível em: http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2013/resumos/R8-0108-1.pdf. Acesso em: 15 jun. 2020.

SODRÉ, M. A ciência do comum: notas sobre o método comunicacional. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

VASSALO LOPES, I. et al. Sujeito acadêmico e seu objeto de afeto: aca-fãs de ficção televisiva no Brasil. In: ENCONTRO OBITEL BRASIL, 6., 2017, São Paulo. Disponível em: file:///C:/Users/Leonardo/AppData/Local/Temp/Sujeitoacadmicoeseuobjetodeafetoaca-fsdeficotelevisivanoBrasil-2.pdf. Acesso em: 28 set. 2021.

VITORIO, T. CCXP bate recorde de público e se torna a maior do mundo. Exame, São Paulo, 2019. Disponível em: https://exame.com/negocios/ccxp-bate-recorde-de-publico-e-se-consolida-como-a-maior-do-mundo/. Acesso em: 06 jul. 2020.

Downloads

Publicado

2022-09-22

Como Citar

SOARES DA SILVA, L.; TRAVANCAS , I. O mundo de todos os mundos: um estudo sobre o encontro de mundos ficcionais na Comic Con Experience. Tríade: Comunicação, Cultura e Mídia, Sorocaba, SP, v. 10, n. 22, p. e022003, 2022. DOI: 10.22484/2318-5694.2022v10id4896. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/triade/article/view/4896. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS - Outras Perspectivas