Veracidade e credibilidade na fotografia documental contemporânea

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22484/2318-5694.2022v10id5025

Palavras-chave:

fotografia documental, reconfiguração das imagens, veracidade, credibilidade

Resumo

As reflexões de Ritchin e Fontcuberta sobre a perda da credibilidade das imagens com a consolidação do uso do sistema digital de imagens na prática da fotografia e fotojornalismo, apontaram questionamentos relativos à questão da veracidade e credibilidade ainda não esgotados, que permitem aprofundar o debate. Por meio de revisões bibliográficas de pesquisadores como Sontag, Machado, Flusser, Cotton, Dubois, Agamben, Baudrillard, e Lissovsky, a hipótese central do artigo é a de que, se estamos em meio a uma efetiva perda da credibilidade das imagens, com uma consequente desconstrução do conceito de aderência à ideia de realidade, o fotojornalismo contemporâneo deveria ter o papel de testemunha ocular da história questionado. Contudo, a conclusão deste artigo aponta para a ideia de que estamos diante de um falso dilema, pois a questão da veracidade na fotografia documental, na atual era digital, permanece presente e associada à questão da credibilidade de quem produz e publica as imagens.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Michele Pucarelli, Universidade Federal Fluminense

Professor do Departamento de Comunicação da Universidade Federal Fluminense (UFF). Professor colaborador do Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano - PPGMC/UFF, Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. Pesquisador do Grupo de Pesquisa: Tempos - Temporalidade dos Meios Comunicacionais, Linguagem e Cotidiano (UFF). Coordenador do Projeto de Extensão: Liex - Laboratório de Imagens Expandidas. Organizador do I Simpósio Latino-Americano de Fotografia do Rio de Janeiro 2020 (UFF/UERJ). Doutor em Artes Visuais (PPGAV/UFRJ) e Mestre em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGCOM/UFRJ). 

Referências

AGAMBEN, Giorgio. Aby Warburg e a ciência sem nome. In: Dossiê Warburg. Revista Arte e Ensaios. Rio de Janeiro, v. 19, n. 19, p. 132 -147, dez. 2009.

BALTAR, Luiz. Ensaio fluxos. Rio de Janeiro, 2015. Disponível em: https://luizbaltar.com.br/ensaios/fluxos. Acesso em: 17 de outubro de 2022.

BAZIN, André. A ontologia da imagem fotográfica. In: Ensaios sobre fotografia. De Niépce a Krauss. Lisboa: Orfeu Negro, 2013.

BAUDRILLARD, Jean. A troca impossível. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2002.

BAUDRILLARD, Jean. Simulacros e simulações. Lisboa: Relógio D’agua, 1991.

BENJAMIN, Walter. Pequena história da fotografia. In: BENJAMIN, Walter. Obras Escolhidas. Magia e técnica, arte e política. São Paulo: Brasiliense, 1994.

BERTILLON, Alphonse. Identificação antropométrica, 1893. Disponível em: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Bertillon_Identification_anthropom%C3%A9trique_%281893%29_343_n%26b.png. Acesso em: 22 de outubro de 2022

BURKE, Peter. Testemunha ocular. São Paulo: Edusc, 2004.

BURROWS, Larry. Retratos poderosos do Vietnã. Seattle: Time & Life Pictures - Getty Images, 1966.

COUCHOT, Edmond. Automatização de técnicas figurativas: rumo à imagem autônoma. In: Arte, ciência e tecnologia. (org. Domingues, Diana). São Paulo: Unesp, 2009.

COTTON, Charlotte. A fotografia como arte contemporânea. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

DANTO Arhur C. Após o fim da arte. A arte contemporânea e os limites da história. São Paulo: Edusp, 2010.

DUBOIS, Philippe. O ato fotográfico e outros ensaios. Campinas, SP: Papirus, 2008.

FLUSSER, Vilém. Filosofia da caixa preta: ensaios para uma futura filosofia da fotografia. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2002.

FONTCUBERTA, Joan. O beijo de Judas: fotografia e verdade. São Paulo: Gustavo Giuli, 2010.

FRIEDLANDER, Lee. Mount Rushmore, South Dakota, 1969. Disponível em: https://www.moma.org/collection/works/86028. Acesso em: 22 de outubro de 2022.

GRUNDBERG, Andy. Crisis of the real. New York: Aperture, 2010.

HACKING, Juliet. Tudo sobre fotografia. Rio de Janeiro: GMT Editores, 2012.

HARVEY, David. Condição pós-moderna. São Paulo: Edições Loyola, 2012.

JAGUARIBE, Beatriz e LISSOVSKY, Maurício. O visível e os invisíveis: imagem fotográfica e imaginário social. In: O choque do real. Estética, mídia e cultura. Rio de Janeiro: Rocco, 2007.

MACHADO, Arlindo. A ilusão especular. São Paulo: Gustavo Giuli, 2015.

MEYER, PEDRO. Nostalgia urbana. Cidade do México, agosto, 2022. Disponível em: https://mxcity.mx/2018/12/nostalgia-urbana-las-mil-aristas-del-mexico-de-pedro-meyer-fotos/. Acesso em: 17 de outubro de 2022.

LACAYO, Richard; RUSSELL, George. Eyewitness: 150 Years of Photojournalism. New York: The Tine Inc. Magazine Company, 1995.

RITCHIN, Fred; PIRES, Francisco Q. Fotojornalismo em crise? Revista Zum, São Paulo, #6, abril de 2014.

SONTAG, Susan. Na caverna de Platão. In: Sobre Fotografia. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

SONTAG, Susan. Diante da dor dos outros. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.

WILSON, Mark. Morte de Osama Bin Laden na capa de jornais nos Estados Unidos. Seattle: Getty Images, 2001.

Downloads

Publicado

01-12-2022

Como Citar

PUCARELLI, M. Veracidade e credibilidade na fotografia documental contemporânea. Tríade: Comunicação, Cultura e Mídia, Sorocaba, SP, v. 10, n. 23, p. e022011, 2022. DOI: 10.22484/2318-5694.2022v10id5025. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/triade/article/view/5025. Acesso em: 5 fev. 2023.

Edição

Seção

DOSSIÊ - FOTOJORNALISMO