Telejornalismo e memória: Narrando a cidade pelas histórias de vida

Autores

  • Christina Ferraz Musse
  • Haydêe Sant'Anna Arantes

Resumo

As histórias de vida de jornalistas e radialistas que trabalharam ou ainda atuam em televisão são a chave para a compreensão de facetas da construção da notícia e da forma como as rotinas e as subjetividades desses profissionais determinam a representação do espaço público. Na posição de entrevistados eles lançam mão dos artifícios da memória para narrar suas atividades e lançar alguma luz sobre a quase impossível tarefa de interpretar a realidade. Através de seus depoimentos, reflete-se sobre a relação entre a narrativa audiovisual e a representação urbana. Para dar suporte ao texto, a revisão teórica baseia-se em pressupostos da literatura sobre sociologia do jornalismo, tempo, memória, história oral e histórias de vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2013-12-20

Como Citar

Musse, C. F., & Arantes, H. S. (2013). Telejornalismo e memória: Narrando a cidade pelas histórias de vida. Tríade: Revista De Comunicação, Cultura E Mídia, 1(2). Recuperado de http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/triade/article/view/1767

Edição

Seção

ARTIGOS - Outras Perspectivas