Breves relatos da dor comum: enunciação e visibilidade de vítimas em redes sociais

Autores

  • Angie Biondi Professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação e Linguagens. Universidade Tuiuti do Paraná - UTP

Resumo

Nos interessa investigar as mudanças qualitativas que ocorrem no estatuto da vítima e na forma de enunciação de suas dores através de microrrelatos compartilhados em rede. Esta reflexão soma aos esforços de uma compreensão crítica acerca das formas com as quais a sociedade lida com a dor do outro e como tem se servido destas ferramentas de produção e compartilhamento instantâneos que integram enunciação e visibilidade contemporâneas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Angie Biondi, Professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação e Linguagens. Universidade Tuiuti do Paraná - UTP

Doutora em Comunicação Social pela Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - UFMG. Professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação e Linguagens da Universidade Tuiuti do Paraná - UTP

Publicado

2015-12-11

Como Citar

Biondi, A. (2015). Breves relatos da dor comum: enunciação e visibilidade de vítimas em redes sociais. Tríade: Comunicação, Cultura E Mídia, 3(6). Recuperado de http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/triade/article/view/2285

Edição

Seção

DOSSIÊ